Barra Mansa suspende temporariamente cirurgias eletivas por conta do Covid-19

0

BARRA MANSA
O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, acompanhado do secretário de Saúde, Sérgio Gomes, informou nesta segunda-feira, dia 16, a implantação de novas medidas de prevenção ao contágio e enfrentamento a propagação ao coronavírus (Covid-19). Entre as iniciativas está a suspensão temporária das cirurgias eletivas e o contingenciamento de servidores públicos com 60 anos de idade ou mais.

O prefeito disse que o município manterá as cirurgias emergenciais, cardíacas e oncológicas. “Nosso intuito é evitar a aglomeração de pessoas em hospitais, a fim de que elas se tornem vetores de contaminação ou que sejam contaminadas. Exemplo semelhante nós adotamos nas unidades escolares, que tiveram as aulas suspensas a partir desta segunda-feira com a finalidade de evitar que nossos alunos se tornassem vetores e levassem o coronavírus para dentro de suas casas e, com isso, contaminassem seus pais e avós”, destacou o chefe do Executivo, lembrando que as pessoas idosas são as mais suscetíveis as consequências do coronavírus, principalmente aquelas acometidas de diabetes, cardiopatias, imunodeprimidas e os pacientes oncológicos.
Ainda com relação às aulas, o prefeito ressaltou que, na sua concepção, uma das coisas mais valiosas na sociedade é a escola. “As escolas públicas e privadas tiveram as aulas suspensas. Recebi muitas reclamações do tipo, vai prejudicar as férias do meu filho. Estamos falando de levar doenças a família. Então, eu não estou preocupado com as férias da criança, com todo respeito. Estou preocupado em preservar a vida do cidadão. São medidas que são antipáticas, mas extremamente necessárias”, afirmou o prefeito.
Rodrigo disse ainda que, os servidores públicos com idade a partir dos 60 anos deverão permanecer em suas casas. “A orientação é pela manutenção de cautela em qualquer ambiente social. Se necessário, novas ações serão implantadas. A sociedade precisa se envolver para evitar que o problema aumente. Nos países europeus o confinamento domiciliar recomendado pelo Ministério da Saúde é aplaudido pela população. No Brasil, apesar de todas as informações que estão sendo veiculadas sobre os riscos da doença, as pessoas vão para a praia, buscam situações que favorecem a propagação do vírus”, destacou o prefeito.
Com referência à feira livre, Rodrigo Drable explicou que esse tipo de comércio será mantido. “Não vejo a necessidade de interromper a feira livre por enquanto. Mas, os eventos com grande concentração de pessoas serão cancelados”.
COVID-19 NA CIDADE
Há cerca de 15 dias, Barra Mansa teve o primeiro caso de coronavírus confirmado no Estado do Rio de Janeiro. A Secretaria de Saúde fez um cinturão em torno da paciente, que contraiu a doença durante viagem de férias na Europa. Todas as pessoas com quem ela manteve contato foram submetidas a exame específico para detectar a doença. Os resultados deram negativo para o Covid-19. O município não tem registro de contaminação interna. A Secretaria de Saúde investiga casos suspeitos da doença.

error: Conteúdo protegido !