Ato marcará um ano do Projeto Pedreira Voldac

0

VOLTA REDONDA

Mais de 250 pessoas capitaneadas, diretamente, pelo Movimento Pela Ética na Política (MEP) através de visitas, colóquios, pesquisas e estudos participaram, este ano, do Projeto Pedreira da Voldac. No último fim de semana, no Centro Universitário Geraldo Di Baise (UGB-Ferp), no bairro Aterrado, os alunos do 8º período de Arquitetura e Urbanismo, apresentaram ao Movimento, projetos relacionados à Pedreira, frutos de trabalhos de campo in loco. No encontro foi marcado para o próximo dia 5, às 8h30min, mais uma visita à Pedreira da Voldac.

A concentração será na ponte Voldac-Pinto da Serra, de onde os participantes seguirão para a pedreira. O ato marcará um ano da primeira visita ao local. Na oportunidade será apresenta a proposta para transformar o local em Unidade de Conservação de Proteção Integral denominada Monumento Natural. Será uma espécie de campo de férias, lazer e educação. Interessados podem se inscrever.

Os professores Robson, Nicolas, Gerson e as arquitetas Paola e Cíntia, da equipe ambiental multidisciplinar do MEP ficaram comemoraram os potenciais da pedreira.

Vale lembrar que o paredão de rocha, com 30 e 40 metros aproximadamente, fica localizado próximo a uma mina de água e é acessado por uma trilha a pé. A área que abrange a trilha, vegetação e o paredão, chega a cerca de 137 mil m², segundo a equipe do MEP-VR. O coordenador do movimento, José Maria da Silva,  o Zezinho, comentou ainda a possibilidade de uso do espaço por montanhistas e escaladores na prática de esportes radicais.