Atividades no encerramento da Semana do Povo Preto em Volta Redonda atraem dezenas de pessoas

0

VOLTA REDONDA

As diversas atividades realizadas no último final de semana em Volta Redonda marcaram o encerramento da 3ª Semana do Povo Preto. Entre as  ações, que aconteceram no domingo 24, no Memorial Zumbi, no bairro Vila Santa Cecília, o Festival de Curimba e a premiação dos vencedores. O evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

Durante o evento foi aberta a exposição Orixá Itan, da artista Júlia Cídio, que vai ficar aberta para visitação até dezembro, no Memorial Zumbi dos Palmares. A secretária Municipal de Cultura, Aline Ribeiro, destacou que o evento é tradicional. Queremos agradecer a todos que participara, a prefeitura fica muito horada em realizar um evento de tamanha grandeza que valoriza a nossa ancestralidade”, disse, ressaltando que foi um sucesso de público e de programação graças aos parceiros dos evento e coletivos que fazem a ocupação do espaço Memorial Zumbi.

VITÓRIA FOI DE LUTA

De acordo com Janaína da Silva, do Grupo Afro Iya Midunda, vencedor da categoria livre do Festival de Curimba e do mais belo ponto para Ogum, a vitória foi com muita luta. “Somos de Volta Redonda e já tínhamos participado de três festivais e hoje fomos surpreendidos com a vitória nessas duas categorias. Agora vamos com muita fé disputar o Prêmio Atabaque de Ouro, representando nossa cidade”, comemorou.

O objetivo, segundo o prefeito Samuca Silva, é valorizar a cultura afro em suas mais diversas manifestações artísticas e culturais, reconhecendo as raízes da formação do povo brasileiro na sua diversidade. “Foi uma programação rica culturalmente. Com muita música, exposição, história, cultura urbana e popular”, disse.

Vale lembrar que no sábado, 23, aconteceu a Roda Cultural de Rima, com a Rede Feminina Preta de Moda Afro. Além disso, no Dia da Consciência Negra, foi inaugurado o Espaço Cultural Afro Rua, no Mercado Popular do bairro Retiro.

 

 

 

error: Conteúdo protegido !