Volta Redonda promove V Mostra de Robótica Educacional

0

VOLTA REDONDA

A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Volta Redonda promoveu na última segunda-feira, dia 12, a V Mostra de Robótica Educacional com Software e Hardware Livres. Realizado no Memorial Getúlio Vargas (embaixo da Biblioteca Municipal Raul de Leoni), na Vila Santa Cecília, o evento contou com trabalhos dos implementadores de informática que participaram recentemente da capacitação em robótica e com professores e alunos do Projeto Sábado na Escola – Robótica. “É a primeira vez que vejo uma exposição como esta. É um trabalho muito bem feito, muito criativo”, comentou o aposentado João Bosco, morador do bairro 249 e que conferiu de perto a mostra.

Os trabalhos que atraiam os olhares de quem passava pelo local são de 26 escolas representadas no Projeto de Robótica Educacional com Software e Hardware livres nas unidades educacionais da rede municipal. Dentre os trabalhos estava o de alunos da Escola Municipal João Paulo I. A aluna do 5º Ano do Ensino Fundamental da unidade, Anna Gabrielle dos Santos Paiva, de 12 anos, contou orgulhosa sobre sua participação e de seu grupo para dar vida aos ensinamentos adquiridos em sala de aula. “Me interessei por robótica desde a primeira série. Eu via os trabalhos que a professora fazia e me interessava, era muito legal. Desde quando comecei a fazer robótica, aprendi muitas coisas, e fiz em casa o triway (sistema de ligação elétrica). Eu e meu grupo fizemos um girassol, que gira para um lado ou para outro conforme a luz que você coloca na frente dele. Para isso, usamos um sensor de luminosidade. Primeiro, a gente aprende no computador, depois colocamos a mão na massa”, explicou a jovem estudante.

A professora de Anna Gabrielle e implementadora de Informática na escola Marília Ávila, explicou que o trabalho com robótica dá um retorno muito positivo, inclusive despertando nas crianças a vontade de se aprofundar na área. “Elas começam a querer a fazer as coisas em casa, entender como funciona a programação, começam a levar material, coisas para desmontar e aproveitar peças. Os alunos aprendem a lógica na prática e também a questão de resolução de problemas”, contou a professora.

O evento teve ainda a apresentação do Coro Infantil formado por alunos das escolas Maestro Franklin de Carvalho Junior, Goiás, Paraíba e José Fontes Torres.

A secretária municipal de Educação, Rita Andrade, prestigiou a mostra e explicou que a Robótica Educacional tem o objetivo de desenvolver nos alunos a preocupação com o descarte de lixo eletrônico, que é reaproveitado no desenvolvimento de projetos, ressaltando assim o compromisso com o meio ambiente, utilizando software livre e atividades de introdução à elétrica e à programação. “Os implementadores de Informática e os alunos estão de parabéns. Todo esse trabalho ajuda a promover o desenvolvimento criativo dos alunos, desperta o interesse e a motivação pelo estudo das ciências e sua aplicação na prática, além de proporcionar aos alunos, através do trabalho em grupo, a colaboração, a criatividade, a vivência de desafios e a resolução de problemas”, comentou Rita.

O prefeito Samuca Silva destacou a importância do investimento em projetos como a Robótica Educacional para os jovens de Volta Redonda. “Reformamos escolas, conseguimos entregar uniformes e materiais antes dos prazos que eram realizados antigamente, e estamos trabalhando para modernizar a educação. Nosso compromisso é oferecer boas condições e bons profissionais para que nossos jovens sejam ótimos profissionais”, afirmou o prefeito.

 

error: Conteúdo protegido !