Sebrae Rio lança editais para fomentar base tecnológica do estado através das Startups

0

SUL FLUMINENSE

O Governo Federal sancionou na última semana o novo Marco Legal das Startups e do Empreendedorismo Inovador. Na prática, pequenos negócios inovadores poderão receber investimentos de pessoas físicas ou jurídicas, que poderão resultar ou não em participação no capital social da startup, a depender da modalidade escolhida pelas partes. A legislação também facilita a contratação de soluções inovadoras pela administração pública e traz maior segurança jurídica a empreendedores e investidores. Entre as novidades da nova lei está a criação do ‘ambiente regulatório experimental’, que é um regime diferenciado onde a empresa pode lançar novos produtos e serviços experimentais com menos burocracia e mais flexibilidade.

No Sul Fluminense existe a Rio Sul Valley. Com 27 startups ativas na região, a iniciativa é uma rede para conectar pessoas, startups, empresas privadas, instituições do terceiro setor e iniciativas que estão mudando a realidade das cidades que engloba: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda. Em sua maioria, as Startups abrangem o agronegócio, educação, indústria, saúde e bem estar.

Visando esse modelo, o Sebrae Rio está com dois editais abertos, com o objetivo de fomentar a base tecnológica do estado. A instituição abre seleção para empreendedores, startups ou microempresas de base tecnológica no Estado do Rio de Janeiro para participarem de treinamentos e consultorias, que contribuirão para o seu fortalecimento, aumento da competitividade, bem como a implementação de práticas de inovação por meio de dois projetos, o ‘Startup Win Ideação’ e ‘Startup Win Operação e Tração’. As inscrições estão abertas até 25 de junho. As inscrições para as startups que estão em fase de ideação podem ser efetuadas pelo link: http://bit.ly/startupwin e as que já estão em operação: http://bit.ly/startupwinoperacaoetracao

Startup Win Ideação – São 60 vagas e o projeto tem duração de quatro meses. Podem se inscrever iniciativas nas fases de curiosidade e ideação (desenvolvimento e validação da ideia). Ao ser selecionado, o participante recebe 94% de subsídio do Sebrae Rioe deverá efetuar o pagamento de R$ 283, podendo ser parcelado em até 12 vezes sem juros.

Startup Win Operação e Tração – São 45 vagas para a pré-aceleração que ocorrerá ao longo de cinco meses. Neste período, os selecionados participarão de oficinas, consultorias personalizadas e, ao final, acontecerá o Demoday, evento no qual a startup será apresentada para possíveis investidores, clientes e potenciais parceiros. Ao ser selecionado, o participante recebe 84% de subsídio do Sebrae Rio e deverá efetuar o pagamento de R$ 380, podendo ser parcelado em até 12 vezes sem juros.

Mapeamento de Comunidades

A cidade do Rio é a segunda do país com maior concentração de startups e apenas 25,5% delas receberam investimentos. Os dados são do Mapeamento de Comunidades, realizado em 2020 pela Abstartups (Associação Brasileira de Startups), com coparticipação do Sebrae. Todas as startups do Estado do Rio de Janeiro podem participar dos editais, que apresentam uma grande oportunidade de crescimento nesse percentual de investimentos.

São consideradas startups as organizações empresariais ou societárias com atuação na inovação aplicada a modelo de negócios ou a produtos e serviços ofertados. Essas empresas devem ter receita bruta anual de até R$ 16 milhões e até dez anos de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). Também precisam declarar em seus atos constitutivos que fazem uso do modelo de negócio inovador em sua atividade.

 

 

error: Conteúdo protegido !