Sebrae mapeia perfil do turista na Costa Verde

0

COSTA VERDE

Com o objetivo de conhecer o perfil do turista que visita a Costa Verde, o Sebrae desenvolveu um estudo inédito para traçar esses dados. O levantamento foi realizado durante a alta temporada 2017/2018 e teve como objetivo de subsidiar as empresas participantes do ‘Projeto Novas Estratégias de Competitividade da Costa Verde’ e outras do setor de turismo da região, interessadas em melhorarem seu posicionamento comercial, com informações sobre percepções e interesses dos visitantes.

Mais de 1.250 visitantes foram entrevistados na rodoviária e cais de Santa Luzia, em Angra dos Reis; no Centro Histórico e Cais Turístico de Paraty; na Vila do Abraão, em Ilha Grande; além de postos de gasolinas na Rodovia Rio-Santos (BR-101); principal acesso à região.

De acordo com a coordenadora de Turismo do Sebrae/RJ, Margareth Carvalho, a pesquisa aponta ainda como o turista compra e contrata serviços de viagem por meio digital, por exemplo. “A pesquisa só constata uma realidade, que é o crescimento cada vez maior do perfil de turista conectado, obrigando assim as empresas a repensarem seus modelos de negócios para manterem sua competitividade”, afirma a coordenadora.

O diagnóstico identificou as redes sociais mais acessadas pelos usuários e o modelo de compra de seus produtos, fatores fundamentais para estratégia digital do destino e seus roteiros. O Whatsapp foi o aplicativo mais citado: 82,1% dos entrevistados o utilizam durante sua viagem. O Facebook foi lembrado por 27,4% e o Instagram por 26,4%. Destaca-se também que mais da metade dos turistas ouvidos fizeram sua reserva online, por meio de  Online Travel Agents (OTA’s) ou diretamente com o site da agência ou hotel.

Outras tendências puderam ser verificadas com a pesquisa. Por exemplo, na organização de viagens cada vez menos turistas compram pacotes fechados para construir sua própria experiência. Com isso, a internet é apontada como a principal fonte de consulta para mais de 60% dos visitantes.

Ainda de acordo com o levantamento, o brasileiro lidera o ranking de visitantes na Costa Verde, sendo a região metropolitana do Rio de Janeiro o principal polo emissor para Angra dos Reis e Ilha Grande e a cidade de São Paulo, para Paraty. Os estrangeiros, principalmente argentinos, representam aproximadamente 19% da demanda em Paraty e na Ilha Grande e 8,65% em Angra dos Reis.

A analista do Sebrae  Andriele dos Santos Maia, destaca a importância do estudo. “Os dados mostram de onde estão vindo os turistas e é uma forma de alcançar de maneira eficaz esse visitante, redes sociais, como o whatsapp. É um estudo preliminar para a elaboração de projetos do Sebrae em parceria com tais prefeituras”, citou.

Serviços 4.0 

A pesquisa faz parte do projeto Novas Estratégias de Competitividade para o Turismo do Rio de Janeiro – Serviços 4.0, que qualifica as micro e pequenas empresas do setor de turismo e serviços para terem maior competitividade, utilizando novos canais digitais para melhor posicionamento dos pequenos negócios no mercado e maior rapidez no atendimento e relacionamento com os clientes. Um dos principais objetivos do estudo é estimular as empresas a oferecer serviços mais próximos às expectativas e necessidades de cada perfil evidenciado na pesquisa e gerar oportunidades de negócios para empresas que fazem parte do projeto, com novo portfólio de produtos e serviços oferecido por essa rede de serviços 4.0, que está sendo construída pelo projeto.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !