Projeto da UFRJ em Piraí desenvolve aplicativo com foco em inclusão nas escolas

0

PIRAÍ/RIO

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) iniciou em junho, em Piraí, um projeto piloto voltado para a educação de estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e T21 (Síndrome de Down). A iniciativa inclui um curso de extensão universitária para professores da Rede Municipal de Ensino de Piraí, que irão participar da construção de um aplicativo para celular.

Chamada de Comjuntos, a ferramenta de tecnologia assistiva será usada por educadores nas escolas do município. Entre as funcionalidades estão a elaboração de perfis personalizados de professores e alunos, registro de atividades, compartilhamento de planos de aula e ainda um mapa das unidades escolares locais, com informações das turmas.

A criação da ferramenta faz parte de um projeto de pesquisa do Laboratório de Mediação Simbólica, Desenvolvimento e Aprendizagem – LIMDA, da Faculdade de Educação da UFRJ, coordenado pelas professoras Sandra Cordeiro de Melo e Marinalva Silva Oliveira.