Moradores do bairro Santa Cruz, em Volta Redonda, programam manifesto para esta terça-feira em frente à prefeitura

0

VOLTA REDONDA

Está programado para esta terça-feira, dia 27, às 16 horas, em frente ao Palácio 17 de Julho, um ato contra o fechamento da Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro Santa Cruz, única da cidade com funcionamento de emergência e urgência 24 horas. Segundo informou uma das integrantes do Conselho Gestor do Posto de Saúde do Santo Cruz, Dislene Maia de Oliveira, o objetivo é tentar fazer que o prefeito Antonio Francisco Neto atenda uma comissão para tratar sobre o assunto.

A conselheira explicou que devido à pandemia, somente cerca de 30 mulheres estarão presentes no ato. Disse que espera que o prefeito receba uma comissão já formada por poucas mulheres para evitar aglomeração tanto no ato quanto no gabinete. “Da praça iremos à Câmara de Vereadores entregar uma carta explicando a situação a cada parlamentar. Já foi enviado ao Ministério Público um abaixo assinado com mais de três mil assinaturas e um relato sobre o fechamento do atendimento 24 horas do Posto de Saúde do nosso bairro”, contou a conselheira e morador do bairro Santa Cruz.

A conselheira ressaltou também que, no manifesto desta terça-feira as participantes estarão carregando cartazes e faixas para chamar a atenção do prefeito.

UNIDADE DE SAÚDE EM OBRA

Segundo a prefeitura, iniciada em maio de 2019 e paralisada desde o ano passado, a obra geral da Unidade de Saúde da Família do Santa Cruz foi retomada recentemente. Enquanto isso, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), na Avenida Major Aníbal de Oliveira Filho, próximo ao local, está sendo adaptado para fazer o atendimento aos pacientes e a mudança deve ocorrer em breve. Garante a prefeitura que logo após a conclusão da reforma, o atendimento na unidade retornará ao normal.

A enfermeira gerente da USF, Cinara Maria da Cunha, informou que a unidade já está sendo adaptada para receber os moradores e após o fim da obra voltará a funcionar para atender a assistência social. Lembrou ainda a gerente que a Unidade de Saúde é uma unidade da rede de Atenção Básica e também presta serviço de pronto atendimento 24 horas com urgência e emergência.

O espaço está recebendo reparos em sua estrutura, com a colocação de piso e pintura geral. A ideia é aproveitar melhor os espaços do prédio, tornando-o mais seguro, funcional e confortável para os pacientes e também para os profissionais. “Estamos reestruturando a unidade para otimizar os atendimentos. A demanda aqui é muito grande; hoje estimamos que cerca de 350 pessoas sejam atendidas por dia na unidade”, informou a enfermeira gerente da USF.

CONSULTAS E EXAMES 

Na unidade, de acordo com a enfermeira, os pacientes têm acesso a consultas com clínicos gerais, ginecologista, pediatra; além dos serviços da Atenção Básica de Saúde como planejamento familiar, consulta de pré-natal, coleta de preventivo e a realização de teste do pezinho. Também estão disponíveis exames laboratoriais de rotina, como coleta de sangue, exames complementares, teste físico, marcação de consultas e visita domiciliar. A população também pode contar com a realização de testes rápidos de sífilis, HIV, hepatite B e C e dos que diagnosticam a Covid-19 (RT-PCR, teste de antígeno e o rápido).

A unidade de Saúde, segundo a prefeitura, funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 19 horas, com a emergência atuando 24 horas. Além de atender moradores do Santa Cruz, também recebe a população dos bairros Santa Rita do Zarur, Voldac, Ingá 1 e 2 e outras localidades próximas.

“O Santa Cruz é um bairro populoso, carente e distante de tudo. Por isso, necessita com urgência da volta do posto 24 horas funcionando. Tememos que agora o prefeito encerre as atividades do nosso posto”, concluiu a conselheira e moradora do Santa Cruz, Dislene Maia de Oliveira.

 

error: Conteúdo protegido !