Julianelli é escolhido para ser candidato a vice-governador na chapa de Pedro Fernandes

0

SUL FLUMINENSE/RIO

O atual deputado estadual Dr. Julianelli (PSB), que é morador de Resende, foi escolhido para ser candidato a vice na chapa do candidato a governador Pedro Fernandes (PDT). A parceria foi oficializada na segunda-feira. Glaucio Julianelli já tinha anunciado que não tentaria a reeleição na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nas eleições deste ano e subiu no plenário da Casa na tarde desta terça-feira para falar sobre a aceitação desse novo desafio.

Ele lembrou que já tinha manifestado várias vezes sua vontade de não ser candidato. Inclusive, o A VOZ DA CIDADE já tinha feito uma matéria no dia 5 de março sobre o assunto. Em seu discurso, disse que foi vereador de Resende em 2008 e não tentou a reeleição. Em 2014 veio para disputa de deputado estadual e não tentaria retornar o cargo, porém, por conta de situações a nível nacional e estadual resolveu aceitar o desafio. “As eleições deste ano colocam o Brasil numa situação de definição dos seus rumos. É claro que a ultra direita, a radical, se posiciona no sentido de sensibilizar a população brasileira sobre suas propostas. A possibilidade de venda do pré-sal, da própria Petrobrás, da Embraer, de universidades públicas, estão sendo propostas. Contra isso se levantam alguns nomes, dentre eles o candidato à presidência Ciro Gomes, pelo PDT”, disse Julianelli, completando que o entendimento do PSB é de apoio ao candidato.

Aliado a isso, existe a questão estadual. “Esse foi um fato de grande importância nessa decisão de aceitar o desafio de compor uma chapa junto com o PDT. Temos ainda outros objetivos semelhantes que nos motivaram pela união, como a luta pelas universidades públicas, PCCS da saúde, em defesa da agricultura familiar, pontos de relevância que nós do PSB consideramos de significado essencial na construção do estado do Rio”, explicou.

O candidato a vice-governador na chapa de Pedro Fernandes frisou que foi chamado pelo partido para encarar essa missão, mas que em momento algum tinha colocado seu nome para o cargo. Segundo ele, resolveu aceitar em favor dessa construção. Para Julianelli, é um momento de luta, onde entendem que o país e o estado precisam manter o que foi conquistado no passado.

Gláucio Julianelli tem 63 anos, nasceu em Campos dos Goyatacazes, mas se mudou para Resende.

NOTA DE REPÚDIO

Antes de iniciar sua fala a respeito de sua candidatura a vice-governador, Julianelli apresentou no plenário da Alerj uma nota de repúdio assinada pela deputada Lucinha e por ele, ao Inea, a respeito da omissão em relação ao depósito da escória da CSN operado pela empresa Harsco. “O Inea vem atuando de maneira contrária aos interesses da população, sem fiscalizar de maneira adequada o acúmulo de escória resultante da fabricação do aço que já atinge altos volumes, com um teor químico que não é divulgado com transparência. Além disso, temos o risco de contaminação do Rio Paraíba do Sul e do ar, uma vez que não há mecanismos de controle”, destacou o deputado.

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !