INB realiza Exercício de Emergência e Segurança Física Nuclear na próxima semana em Resende

0

RESENDE

Nos próximos dias 17 e 19 acontece o exercício parcial de resposta à emergência e segurança física nuclear da Fábrica de Combustível Nuclear (FCN) das Indústrias Nucleares do Brasil(INB) no distrito de Engenheiro Passos, localizado a cerca de 30 quilômetros do Centro da cidade. O exercício será supervisionado pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR), Órgão Central do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron). Em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os centros de emergência operarão nos modos presencial e virtual. Os representantes das instituições do Comitê de Planejamento de Resposta a Situações de Emergência Nuclear no município (Copren/RES) estarão reunidos na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) interagindo com a equipe da INB que permanecerá na Fábrica. Participarão do evento no dia 17, a partir de 9 horas, o presidente da INB, Carlos Freire Moreira; o secretário de Coordenação de Sistemas do GSI, Contra-Almirante Carlos André Coronha Macedo e o diretor do Departamento de Coordenação do Sipron, capitão de Mar e Guerra Márcio Gonçalves Taveira.

Os exercícios de emergência servem como base para um programa de melhoria contínua da estrutura de resposta e têm o propósito de avaliar e, se for o caso, aperfeiçoar planos e procedimentos, além de treinar a estrutura de resposta à emergência e segurança física nuclear.

Participarão cerca de 50 instituições dos níveis nacional, estadual e local, entre elas, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Defesa Civil Municipal de Resende e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Durante a atividade, os centros de emergência do Sipron em Brasília e no Estado do Rio de Janeiro serão ativados. A equipe de resposta da Fábrica de Combustível Nuclear e os integrantes do Copren/Res deverão apresentar soluções a cenários que envolvam situações de incêndio, ataque cibernético e sobrevoo de drones nas instalações da fábrica. As simulações acontecerão apenas no modo virtual.

error: Conteúdo protegido !