Hemonúcleos da região adotam sistema de agendamento de doações de sangue

0

SUL FLUMINENSE

Tempos de pandemia, a recomendação é o isolamento social, mas e aqueles que precisam de doação de sangue como ficam? Apesar da suspensão de cirurgias eletivas, ainda há gente precisando de sangue.

Em Barra Mansa, o hemonúcleo, felizmente tem recebido bom número de doadores. Anexo a Santa Casa, o local adotou o sistema de agendamento de doadores para evitar aglomerações. Interessados podem entrar em contato através do 3323-1918. O local funciona de segunda a sexta-feira das 7h30min às 13 horas.

De acordo com o coordenador do Hemonúcleo, Sérgio Murilo Conti, a média doação ideal presente seria 30 doações diárias. “Mas como houve suspensão das cirurgias eletivas, números de acidentes de trânsito e criminalidade, o sangue está sendo usado para os casos clínicos no caso de hemorragia e paciente com patologia exige uma o uso dos hemocomponentes como plaqueta, planas e concentrado de hemácias. Neste momento muitas doações são de doadores de reposição pessoas que vem doar para  alguém que uso ou vai precisar ser transferido e os doadores voluntários são menores grupos mas estão presentes”, cita, informando que na última semana, foram 20 doadores diários.

Sobre ir até o local, Sergio destaca que é totalmente seguro. “As cadeiras foram separadas, tanto na recepção, quanto na doação propriamente dita. Os doares já vem de máscara e com o seu álcool gel, o que também está disponível no hemonucleo. Todas as dependências tem sido higienizadas com freqüência, e não há, cientificamente falando, transmissão de coronavirus através da doação”, destaca.

Além de todas as medidas de higiene, Conti destaca que a triagem também foi modificada, agora perguntas relacionadas à febre e viagem internacional estão na lista. “Além disso, caso a pessoa tenha sintomas após a doação, pedimos para que entre em contato conosco”, destaca.

A secretaria de Saúde de Volta Redonda, através da coordenação do Banco de Sangue, informou que houve uma melhora no número de doadores nesta semana. Mas, o estoque ainda está com redução de 30%, principalmente os grupos sanguíneos negativos.

De acordo com a coordenadora do local, Rosimere Herdy Guedes Cardoso, no local, estão sendo disponibilizados álcool gel na recepção, na sala de triagem. Os EPIs como luvas já são usados rotineiramente. Dentro da sala as cadeiras de coleta têm mais de um metro de distância uma da outra. E o álcool gel é oferecido em todas as etapas da doação. Para evitar aglomeração a equipe está pedindo para que as pessoas liguem e agendem as doações.  “O distanciamento social é importante e deve ser seguido. Mas as doações não podem parar e todos os cuidados estão sendo tomados para que os doadores fiquem seguros”, cita, informando que há campanhas de conscientização sobre a importância do ato sendo feitas através das pelas redes sociais da prefeitura.  O Banco de Sangue funciona de segunda a sexta, das 7 às 13 horas e atende além de Volta Redonda, os municípios de Pinheiral e Piraí. O local  atende pelo telefone 3339-4242.

Já no Núcleo de Hemoterapia de Resende (NHR), também tem sido feito o sistema de agendamento para evitar aglomerações. O estoque está regular, mas as doações precisam ser constantes. O local também foi modificado com uma quantidade menor de cadeiras e com limite de oito pessoas respeitando a distância de um metro. Na sala de doação, o espaço também foi aumentado e há a higienização com álcool 70 a cada novo doador. O doador também é orientado a higienizar as mãos na entrada da recepção e na entrada da coleta. O NHR atende hospitais de Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis. O órgão funciona em anexo ao Hospital de Emergência, de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas. Agendamentos são feitos através do telefone: (24) 3381-4834.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !