Feira livre e templos religiosos ainda não podem funcionar em Barra Mansa, mesmo com decreto estadual

0

BARRA MANSA

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, se pronunciou a respeito do novo decreto estadual, que regulamenta algumas atividades que estavam paralisadas, como templos religiosos e feiras livres. Drable destacou que tais atividades ainda não foram autorizadas pela Justiça na cidade e explicou que a instrução da Procuradoria do Município já está trabalhando para que as dificuldades sejam superadas.

O chefe do executivo defendeu as atividades que foram barradas pela Justiça. “A feira de Barra Mansa não gera mais risco do que as filas dos supermercados. Lembrando que os nossos feirantes são trabalhadores que cultivam seus produtos, gente simples e trabalhadora, que depende daquela atividade. Penso, também, que as igrejas, com várias regras de segurança, não geram mais riscos que as filas de bancos”, disse.

Drable ainda pediu aos munícipes que, para evitar brigas com a justiça, aguardem até que a instrução da Procuradoria do Município resolva o problema. “Lembrando que todos devemos seguir as regras, mantendo distanciamento e ficando em casa aqueles que puderem. Idosos, cardíacos, diabéticos, renais crônicos e pessoas com problemas respiratórios, devem fazer isolamento”, finalizou.

error: Conteúdo protegido !