Estratégia para separar vacinação e testagem é mais uma ação contra variante Ômicron em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
A estratégia para separar vacinação e testagem da Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), é mais uma ação contra a variante Ômicron. As sete unidades básicas de saúde (UBSs e UBSFs) que estão realizando o atendimento convencional da Atenção Básica, sem realizar testagem para Covid-19, são as dos bairros São Carlos, São Sebastião, Roma 1, Rústico, Jardim Belmonte, Siderópolis e Jardim Paraíba.
A medida foi iniciada na segunda-feira, dia 24. Estas unidades ficaram restritas para realizar vacinação, consultas médicas e pediátricas de rotina, pré-natal, curativos, entre outros serviços. As outras 39 unidades básicas de saúde continuam realizando testagem, de acordo com a capacidade própria.
ABERTURA DO CENTRO DE TESTAGEM PARA COVID-19
Além da divisão dos atendimentos nestas unidades, outra ação da Prefeitura de Volta Redonda foi à abertura do centro de testagem para Covid-19 na Ilha São João, já considerado maior da região Sul Fluminense. No local, estão sendo realizados mais de mil testes por dia. Pacientes com sintomas gripais devem fazer o agendamento entre 8 horas e 22 horas pelo link: http://encurtador.com.br/pzHJO
A central de testagem funciona todos os dias, de segunda-feira a domingo, das 8h30min às 17 horas. Durante o cadastro é preciso informar um e-mail válido, para que a confirmação possa ser encaminhada à pessoa. Depois de finalizar o cadastro, a pessoa receberá a confirmação por e-mail, com o horário em que deve comparecer ao local. A resposta é o comprovante.
ANTECIPAÇÃO DA DOSE DE REFORÇO
Outra medida adotada pela secretaria de Saúde para barrar a variante Ômicron foi a antecipação da terceira dose de reforço contra a Covid-19. Pessoas acima de 18 anos que receberam a segunda dose até 01/11/2022, já podem se vacinar.
As doses de reforço estão sendo feitas com o imunizante Pfizer. A medida ocorre conforme orientação do Ministério da Saúde e de acordo com o estoque disponível. Ou seja, independente da dose anterior, toda aplicação de reforço está sendo feita com a Pfizer.
DIVISÃO DOS ATENDIMENTOS
A usuária da UBS Jardim Paraíba, Darcilei da Silva, que frequenta a unidade de saúde há 15 anos, comentou que o atendimento melhorou após a retirada da testagem para Covid-19. Segundo a moradora, a fila para realizar o procedimento comprometia os demais serviços ofertados, principalmente, no tempo de espera.
“Eu frequento a unidade há anos e ficava receosa de estar no mesmo ambiente de outras pessoas com suspeita de Covid-19. A fila que se formava para testagem acabava comprometendo os outros serviços. Essa mistura não é boa e, além disso, sobrecarrega os profissionais de saúde. Por isso, aprovo essa iniciativa, hoje quando cheguei aqui estava super tranquilo e fui atendida rapidamente”, comentou a moradora.
REFERÊNCIA EM VACINAÇÃO
A coordenadora da UBS Jardim Paraíba, Márcia Pereira, explicou que a unidade atende 13 bairros, sendo referência em vacinação, inclusive de crianças para diversas doenças. Márcia citou que recebia muitas reclamações de moradores, que iam realizar outros atendimentos, e se deparavam com o fluxo intenso de pessoas para testagens.
“Recebia todos os dias reclamações de usuários sobre a fila de testagem, por mais que separássemos as pessoas para o teste das outras, ainda sim gerava transtorno nos atendimentos. O fluxo de pacientes era grande, por sermos uma unidade central muitos estavam escolhendo fazer a testagem aqui. Com a retirada desse serviço, voltamos a intensificar a vacinação de crianças para diversas doenças, inclusive somos uma unidade de referência para vacina BCG de recém-nascidos”, disse.
PROCURA POR VACINAS
Com a retirada da testagem, a coordenadora mencionou que a procura por vacinas está voltando a nortear os atendimentos da unidade.
“Percebemos que o fluxo dos serviços que já fazíamos está voltando à normalidade. A procura por vacinas em geral, principalmente do calendário infantil, retornou com mais facilidade. Os pais agora ficam mais tranqüilos de trazer os bebês e as crianças para fazer a vacinação, sem receio de se deparar com casos suspeitos de Covid-19. Foi uma decisão acertada a retirada da testagem sendo aprovada pela maioria que frequenta a UBS Jardim Paraíba”, finalizou Márcia Pereira.