Defesa Civil de Itatiaia auxilia limpeza e manutenção em Maringá

0

ITATIAIA

A Defesa Civil de Itatiaia passou a manhã desta sexta-feira, dia 27, auxiliando o trabalho de vistoria e limpeza das ruas e imóveis de Maringá, distrito situado na região de Visconde de Mauá, no alto da Serra da Mantiqueira. Um temporal com incidência de granizo atingiu a localidade na noite de quinta-feira, gerando a elevação do Rio Preto e córregos.

Segundo informações da prefeitura de Itatiaia, não houve o fenômeno chamado de cabeça d´água, no Rio Preto, e sim, a obstrução de uma manilha que promoveu o transbordamento de um córrego.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Valdair do Nascimento, a água invadiu quatro casas, mas não houve desabrigado ou desalojados. Nesta sexta-feira, as equipes da Defesa Civil tiveram que intervir na região do Vale das Cruzes, onde foi necessário desobstruir uma via, pois houve deslizamento de terra, também sem vítimas. O fluxo de veículos pelo local está normalizado.

O temporal deixou ruas alagadas no distrito de Maringá – Reprodução: Redes Sociais

A Defesa Civil ressalta que a previsão do clima projetava para a quinta-feira, na região, chuvas de até 8 milímetros de índice pluviométrico. Porém, o registrado em Maringá foi de 28 mm, considerado ‘preocupante’, ficando pouco abaixo da meta de 30 mm que é considerado como ‘situação de alerta’. Vale lembrar que, conforme o Sistema Internacional de Unidades, a unidade de pluviosidade de 1 milímetro equivale ao volume de 1 litro de água de chuva que se acumulou sobre uma superfície de área igual a 1 metro quadrado.

ORIENTAÇÃO

A Prefeitura de Itatiaia reitera que durante o verão incidentes com temporais são comuns na região da Serra da Mantiqueira. Para orientar os moradores, a Defesa Civil de Itatiaia organizou um roteiro com dicas de segurança. Além disso, o serviço de monitoramento é constante.

No dia 19, uma temporal atingiu o município, acarretando a cheia do Rio Santo Antônio, no Centro e uma cabeça d’água, no Rio Campo Belo, na Vila Pinheiro. O temporal também ocasionou a queda de um poste na estrada das Três Cachoeiras, na Fazendinha, em Penedo e a inclinação de outro na Rua das Acácias, no bairro Vila Flórida.

O temporal ultrapassou a previsão de 8 milímetros de índice pluviométrico – Reprodução: Redes Sociais

Segundo o coordenador de Defesa Civil, Valdair do Nascimento, ações como a instalação e a limpeza das calhas de chuva nas residências e comércios, e o acondicionamento e direcionamento correto do lixo, é fundamental. “É importante que as pessoas fiquem atentas e sigam corretamente as orientações de segurança. São diversas e entre elas está o de não desmatamento, pois tanto as árvores, como as demais vegetações servem para conter os deslizamentos. O acúmulo de lixo também contribui demais para os deslizamentos de terra . Em caso de dúvidas é importante que procurem orientações técnicas na Secretaria de Meio Ambiente”, frisa.

Outra dica fundamental para o morador é que antes começar a fazer uma construção procure um técnico para orientar sobre a obra e regularizar a mesma junto a Secretaria de Planejamento. Em período de chuva a orientação também é de evitar fazer cortes nos barrancos e movimentações de terras. “Muros com estrutura estufada podem estar relacionados à movimentação de terra e, portanto, com risco de queda.É preciso ainda que o cidadão fique atento e dê atenção quando notar trincas e rachaduras no chão e nas paredes, pois indicam problemas de estrutura e ate possivelmente um risco de queda”, frisou o coordenador, que ainda reforçou a importância do cidadão seguir as orientações dos agentes da Defesa Civil, caso a residência esteja notificada.

CONTATO EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Em caso de emergências, a população poderá acionar a Defesa Civil que fica localizada na Secretaria de Ordem Pública, junto a Rodoviária Municipal, localizada na Rua Wanderbilt Duarte de Barros, S/N, Centro.O funcionando é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas e o telefone de contato é o 199 e, ainda, o (24) 3352-1151. Aos sábados, domingos e feriados o órgão pode ser acionado 24 horas através do telefone da Guarda Civil Municipal 153 ou (24) 3352 6752.

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !