Coordenador de MBA da FGV participa da abertura das atividades do segundo semestre no UGB em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
A aula inaugural de abertura das atividades do segundo semestre do Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB-Ferp), na noite desta sexta-feira, dia 6, contou com uma presença ilustre. Trata-se do coordenador da MBA da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Jorge Bruno, que é mestre em Administração em Desenvolvimento Empresarial, Especialista em Qualidade e Produtividade. Ele palestrou sobre o tema “Mercado de Trabalho Pós Pandemia: Desafios e Oportunidades Profissionais”, dando dicas de como se comportar diante das conseqüências.
A abertura das atividades com o palestrante, que é também coordenador geral da Academia de Criatividade e Inovação (ACI) e diretor de Inovação do Instituto de Matemática e Artes (IMA) de São Paulo, aconteceu no Auditório Milton Carlos, campus de Volta Redonda, no bairro Aterrado, com transmissão ao vivo pela internet. O objetivo do encontro foi dar as boas-vindas aos acadêmicos e professores que iniciaram as aulas do período letivo de 2021. Inicialmente, o Jorge Bruno fez uma introdução da história do Brasil e do mundo durante e pós pandemias, como a peste bubônica que matou 120 milhões de pessoas em poucos meses.
DIVERSOS EFEITOS PARA DIFERENTES SETORES
Destacou ainda que em um ano atípico no Brasil, 2020 foi marcado pela crise sanitária gerada pelo novo coronavírus (Covid-19), que trouxe diversos efeitos para diferentes setores, sendo um deles o mercado de trabalho. Lembrou ainda que as guerras de pandemias alteram o caminhar da humanidade e que mudar de carreira vale a pena. “Devemos fazer aquilo que te faz feliz. Por isso, busque o trabalho e ao mesmo tempo diversão”, destacou o palestrante, ressaltando que, com certeza, o ser humano vai ter espaço com a modernização.
Disse Jorge Bruno que com a pandemia o modelo de gestão das empresas virou paradigma e que a luta por um futuro humano na economia é vindoura. Ele alertou ainda que, quem está se formando não se aposentará a não ser se for servidor público. Para o palestrante, no período pós-pandemia as modificações virão com maior força e impacto na geração atual. Para muitos, lidar com essas modificações pode ser uma tarefa de fácil adaptação, já para outras pode ser necessário algum esforço. O mercado de trabalho pós-pandemia provavelmente trará maiores desafios e também diversas oportunidades. Por isso, é importante compreender esse novo cenário e se preparar profissionalmente para as mudanças que já são esperadas.

error: Conteúdo protegido !