Câmara de Vereadores presta homenagem às mulheres de Porto Real durante sessão

0

PORTO REAL

No dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Câmara de Vereadores preparou uma homenagem especial, durante a sessão ordinária desta segunda-feira, dia 8. Os vereadores compareceram à sessão utilizando vestimentas e acessórios na cor rosa e, em um ato simbólico, realizaram a entrega de um arranjo de flores à vereadora Fernanda Emerenciano dos Santos, a Fernandinha (PDT), estendendo à homenagem a todas as mulheres do município. Os parlamentares também apresentaram e aprovaram 11 indicações, dentre elas, escritas e verbais.

A vereadora Fernandinha utilizou a tribuna para enfatizar as conquistas alcançadas pelas mulheres no decorrer dos anos e reforçar a importância da mulher na sociedade. Durante o seu discurso, Fernandinha também agradeceu o reconhecimento e o respeito dos demais vereadores, por ser a única representante mulher da Casa. Ela pediu mais atenção e conscientização sobre temas importantes para as mulheres, como assédio sexual e violência doméstica.  “Quero agradecer os nobres pares pelo respeito e reconhecimento que demonstram a minha pessoa nesta Casa. Não me sinto só, pois acredito nos direitos legítimos das mulheres e me sinto honrada em poder trazer a voz feminina para dentro da Câmara de Vereadores”, destacou a parlamentar.

Os demais vereadores também proferiram mensagens de agradecimento a todas as mulheres do município e parabenizaram também a comandante da Guarda Municipal, Suelaine de Carvalho, por ser a primeira mulher a ocupar o cargo, na história da cidade.

DIPLOMA MULHER CIDADÃ

Este ano, ainda por conta da pandemia da Covid-19, não foi possível a realização da Sessão Solene com a entrega do diploma Mulher Cidadã Doralice da Conceição Bernardelli. “Por prudência, optamos por não realizar a entrega do diploma Mulher Cidadã Doralice da Conceição Bernardelli, que anualmente é carinhosamente ofertado a onze mulheres escolhidas de modo especial pelos nossos vereadores, visando preservar a saúde de todos que estariam envolvidos. Valorizar a vida e seguir as orientações das autoridades de saúde, neste momento delicado, ainda se faz necessário. Os bons tempos, em breve, retornarão para enfim podermos fazer o que as mulheres realmente merecem: uma grande festa com muito mais segurança e tranquilidade”, explicou o presidente da Casa, Carlos Antônio de Lima, o Carlinho Tchaia (Avante).

error: Conteúdo protegido !