Volta Redonda Futebol Clube, uma história de orgulho

0

O Volta Redonda Futebol Clube, Esquadrão de Aço, Tricolor de Aço, ou simplesmente, Voltaço, como é chamado por sua apaixonada e fiel torcida, foi fundado em 9 de fevereiro de 1976. No entanto, sua história tem início no ano de 1975, uma vez que a cidade possuía duas equipes de futebol profissionais: Flamengo de Volta Redonda, o Flamenguinho, e o Guarani Esporte Clube. Naquele ano, com a fusão dos estados do Rio de Janeiro e da Guanabara, consequentemente, uniu as federações de futebol dos dois estados que até os dias atuais mantém o nome de Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).
Com este novo cenário, o então presidente da Liga de Desportos de Volta Redonda (LDVR), Getúlio Albuquerque Guimarães, aliado ao presidente do Flamenguinho, Guaranyr de Souza Horst, levantaram a ideia de criar um clube de futebol para representar a Cidade do Aço no novo Campeonato Carioca. A partir daí, iniciou-se uma grande discussão que durou dias. Até que no dia 9 de fevereiro de 1976, nasceu o Volta Redonda Futebol Clube, que teve como primeiro presidente Ysnaldo dos Santos Gonçalves, irmão do então prefeito de Volta Redonda, Nelson Gonçalves.
Além do Campeonato Carioca de 1976, o Volta Redonda FC também disputou a Série A do Campeonato Brasileiro daquele ano, competição que também jogou dois anos seguintes. Iniciava-se então, a gloriosa história do Esquadrão de Aço, que em 43 anos, tem como principais conquistas de sua história o título invicto da Série D do Campeonato Brasileiro de 2016, a Taça Rio de 2016, a Taça Guanabara e o consequente vice-campeonato Estadual de 2005.

Voltaço também conquistou a Taça Guanabara de 2005 – Foto: Divulgação

Falando sobre a importância do Volta Redonda Futebol Clube, o atual presidente Flávio Horta que é motivo de honra para todos os nossos atletas, diretoria e funcionários o nome da cidade por todo o país. Representamos Volta Redonda, levando o nome da cidade por todo o país e isso é um motivo de honra para todos os nossos atletas, diretoria e funcionários. E sabemos que os moradores da cidade tem orgulho do Voltaço e amam o clube. Um é fundamental para o outro. O Voltaço tem conquistado resultados expressivos nas categorias de base e se consolidou no profissional. Depois da conquista invicta do Brasileirão Série D, em 2016, e disputas seguidas na Série C, subimos mais de 60 posições no ranking da CBF. Nossa equipe Sub-20 fez história na Copa São Paulo de Futebol Junior, a Copinha, deste ano e virou sensação nacional e o Sub-17 conquistou a Taça Rio no ano passado”, comentou o dirigente lembrando que o atual elenco conta com muitos pratas da casa e atletas que nasceram em Volta Redonda, mostrando que a cidade é um verdadeiro celeiro de bons jogadores de futebol.
Ele aproveitou para parabenizar a cidade e seus moradores pelos 65 anos de emancipação político-administrativa. “Além de parabenizar todos os volta-redondenses, queremos fazer dois convites neste de festa. O primeiro, para que os moradores da cidade estejam conosco no dia a dia do clube, acompanhando nossos treinos abertos, notícias, redes sociais, ações e, principalmente, indo mais aos jogos, pois queremos representá-los e estar ainda mais no coração de todos na cidade. O segundo é para o confronto pela Copa Rio, que acontece hoje às 15 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, quando o Voltaço encara o Tigres do Brasil pelas oitavas de final da competição estadual. Contamos com o apoio de todos”, convocou Horta.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !