Voltaço segue rotina de treinos para enfrentar o Mogim Mirim

0

Após o empate último fim de semana, pela Série C do Campeonato Brasileiro, que aconteceu contra o Ypiranga (RS), o Voltaço segue os preparativos para o próximo confronto, que será contra a equipe do Mogi Mirim (SP). As equipes se enfrentam no domingo, dia 27, às 15 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A partida é válida pela 16ª rodada da competição nacional.
O Voltaço, que soma 21 pontos, ocupa a quarta colocação no Grupo B e treinou forte durante toda a semana, sob o comando do técnico Felipe Surian, que não poderá contar com David Henrique e João Cleriston, que estão suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo na partida do último domingo, e cumprem suspensão automática.
Após o treinamento da tarde de quarta-feira, dia 23, Adriano Ferreira, autor de um dos gols de empate na partida contra o Ypiranga, falou da sua alegria em marcar o primeiro gol com a camisa do Tricolor de Aço. “Estava ansioso para fazer esse primeiro gol com a camisa do Volta Redonda, e graças a Deus ele saiu no momento certo, na hora em que a gente precisava muito de somar ponto fora de casa para entrar no G4. É o que sempre digo, atacante vive de gol, mas temos que manter o foco, trabalhando firme e forte, pois uma hora a oportunidade vai aparecer e temos que estar preparado. Não poderia sair daqui do Volta Redonda sem ter feito pelo menos um gol, e espero que esse seja o primeiro de muitos”, comentou o atleta já projetando a partida do domingo, dia 27, no Raulino de Oliveira.
A equipe está bastante focada nos treinamentos e que vai a campo em busca da vitória. “Temos um jogo de extrema importância. Apesar do Mogi Mirim estar na última colocação do grupo, nossa equipe tem que estar atenta, pois da mesma forma que eles jogaram duro contra o Tupi, e tiraram pontos deles, eles vão vir aqui, na nossa casa e tentar fazer a mesma coisa com a gente. Temos que buscar a vitória, porém não podemos descuidar da defesa e correr o risco de perder pontos em casa”, concluiu Adriano.