Resende amplia rede de fibra ótica e o conceito ‘Cidade Inteligente’

0

RESENDE

O governo de Resende segue o conceito de ‘Cidade Inteligente’ e anunciou a ampliação da malha de fibra ótica instalada na cidade: seis mil metros de cabeamento de fibra óptica, atingindo o total de 13 mil metros de extensão de cabeamento. A rede permitirá expandir o projeto de internet gratuita com alta velocidade.

De acordo com o superintendente de Tecnologia da Informação e professor de informática, Márcio Silvestre, a meta da expansão do cabeamento é conectar pelo menos 35 pontos da cidade, entre espaços educacionais, de saúde, de governo, de assistência e locais públicos em geral. Com isso, será possível informatizar e integrar vários serviços da prefeitura, tornando mais consistente à estrutura do sistema de informação disponível.

Durante os primeiros sete quilômetros de cabeamento, o percurso da fibra óptica já partia da prefeitura e se estendia até a Agência de Saneamento do Município de Resende (Sanear), contemplando pontos como o Parque das Águas, o Hospital Municipal de Emergência Sérgio Henrique Gregori e o Polo UAB/Cederj. Os próximos seis quilômetros ligarão a Sanear até a Creche São Vicente de Paula, na Rua das Violetas, no bairro Cidade Alegria.

Após o período de instalação do cabeamento e configuração do sistema a internet gratuita será acessada nos pontos previstos no planejamento, que incluem a UPA da Cidade Alegria e o Colégio Municipal Getúlio Vargas. Os espaços públicos de lazer que passam por reforma e revitalização do programa ‘Revitaliza Resende’ também serão conectados.

CIDADE INTELIGENTE

O processo de transformação e modernização em Resende foi iniciado em 2017, com uma mudança de postura da gestão municipal. A equipe responsável pela Tecnologia da Informação é formada por servidores de carreira. A ação deste grupo permite a revisão de contratos e a economia dos cofres públicos. Entre os projetos iniciados estão a implementação de resultados de exames médicos on-line, assim como o histórico de exames; as plataformas de ensino “Educar” e “AVA-SME”, que promovem a capacitação dos servidores, além do portal e-OUV e do portal do servidor.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !