Identificada mãe de recém-nascida abandonada no Jardim Real, em Porto Real

0

PORTO REAL

O delegado titular da 100ª Delegacia de Polícia (DP) Victor Tuttmam informou no final da tarde desta segunda-feira, dia 26, que foi identificada a mãe da recém-nascida abandonada na calçada de uma residência no bairro Jardim Real. A criança, que ainda estava com o cordão umbilical, foi encontrada por uma agente comunitária de saúde e um homem, em frente a uma casa localizada na Rua Helena Alegrete. Eles levaram a recém-nascida para o Posto de Saúde da Família (SPF) e em seguida chamaram os policiais do 37º Batalhão de Polícia Militar. A bebê, que estava enrolada em um cobertor, continua internada na Maternidade do Hospital Municipal Geral São Francisco de Assis. Ela passa bem.

Segundo Victor Tuttmam, a mãe da criança já foi identificada. Ela tem 27 anos e está com aparente descontrole psiquiátrico, chorando de maneira continua. “A genitora alegou que pariu a criança na madrugada desta segunda-feira, dia 26, e estava muito confusa, afirmando que engravidou, após ser abusada sexualmente”, contou o delegado, ressaltando que a mãe da criança está internada no Hospital Municipal.

Segundo delegado Victor Tuttmam, genitora se apresentou na delegacia após abandonar filha-Fábio Guimas

Tuttmam ainda informou que a mãe da recém-nascida vai responder pelo crime de abandono de incapaz. “A genitora se apresentou de maneira espontânea, informada estar arrependida. Ela vai responder processo em liberdade”, explicou Victor.

ENTENDA O CASO

Na manhã de segunda-feira, dia 26, os policiais militares foram até o Posto de Saúde da Família para verificarem a denúncia de abandono de incapaz. No local, os militares entraram em contado com a solicitante. Ela afirmou ter visto uma pessoa deixando a bebê, que estava enrolada em um cobertor, e abandonando o local. “A criança foi deixada em frente à residência. A mulher pegou o bebê e com a ajuda de um conhecido foram até a unidade de saúde”, contaram os militares, informando que as testemunhas foram encaminhadas para a 100ª Delegacia de Polícia (DP).

A criança foi encaminhada para a maternidade do Hospital Municipal Geral São Francisco de Assis, para receber os cuidados médicos.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde do município, a recém-nascida foi prontamente atendida pela equipe de plantão no setor de Maternidade. “A recém-nascida foi avaliada em boas condições de saúde. Além disso, foram realizados os procedimentos pós-parto e exames rotineiros”, informou a Assessoria de Imprensa da prefeitura, acrescentando que o caso foi direcionado ao Centro de Referencia Especializado de Assistência Social (CREAS) e ao Conselho Tutelar, que já informaram à Promotoria do Fórum de Porto Real. “A Prefeitura de Porto Real ressalta que aguarda pronunciamento dos órgãos oficiais para mais informações sobre o andamento do caso”, afirmou a Assessoria.