PRF prende homem com skunk, haxixe e ecstasy na Dutra, em Seropédica

0

SEROPÉDICA

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam na sexta-feira, dia 26, um homem de 26 anos, durante a Operação Tamoio II, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Seropédica, na Baixada Fluminense. Na abordagem, os policiais rodoviários encontraram skunk- droga mais potente que a maconha-, haxixe e ecstasy na bagagem do passageiro. A apreensão ocorreu em um ônibus que fazia a linha São Paulo/Rio de Janeiro. O cão, K9 Stella, indicou a presença de entorpecentes na mala de um passageiro. As drogas, segundo a Polícia Rodoviária, seriam vendidas para clientes de alto poder aquisitivo na Zona Sul do Rio. A ocorrência foi encaminhada para a 52ª DP (Nova Iguaçu).

A apreensão foi comandada por policiais da 1ª Delegacia (Rio de Janeiro) e do Grupo de Operações com Cães (GOC/RJ). As drogas foram apreendidas durante revista no bagageiro do ônibus.

Segundo os agentes, durante revista, o cão, K9 Stella, indicou a presença de entorpecentes na mala de um passageiro. Os policiais abriram a bagagem e encontraram 45 gramas de skunk, um comprimido de ecstasy e 2,5 gramas de haxixe. Além disso, o homem levava cerca de R$ 6,2 mil em dinheiro, uma balança de precisão, seladora a vácuo e comprovantes de depósitos bancários.

Ao ser indagado, o suspeito acabou confessando ter ido até Curitiba (PR) para comprar a droga. “O suspeito contou que pretendia adquirir mais 200 gramas, por R$ 8 mil, para vender no Rio, mas não gostou da ‘qualidade’ do entorpecente, depois de fazer a prova. Ele resolveu levar somente a quantidade encontrada em sua mala. Sobre os comprovantes de depósitos, o homem disse que eram valores recebidos para comprar a droga”, informaram os agentes.

error: Conteúdo protegido !