Menino de Volta Redonda com leucemia, que está em tratamento no Rio, precisa de sangue A Positivo  

0

VOLTA REDONDA

O menino Davi Luiz Batista, de 6 anos, residente no bairro São Lucas, em Volta Redonda, está precisando de doadores de sangue A Positivo. Davi, que está com leucemia linfoblástica Aguda (LLA), está internado no Hospital dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro desde fevereiro. Recentemente, de acordo com os pais, Wellington Batista Davi e Rosana, o menino tomou quatro injeções de quimioterapia, sendo que a última abaixou muito a sua imunidade.

Ainda segundo os pais, Davi não reagiu bem ao tratamento de, teve febre de mais de 40 graus. Por isso, teve uma parada cardíaca. A leucemia foi descoberta depois que o menino foi levado pela mãe ao Hospital São João Batista (HSJB), em Volta Redonda, porque vinha suando frio e se sentindo muito cansaço. Ele foi submetido a exames de sangue, que apresentou as plaquetas baixas. “No início a suspeita era de leishmaniose, mas após Davi ser encaminhado ao Rio de Janeiro para exames ficou constatada a leucemia”, declarou a mãe.

Desde então, segundo os familiares, a luta pela vida do menino iniciou. Agora, mais uma mobilização iniciou. Desta vez o objetivo é conseguir o maior número de doadores de sangue para salvar a sua vida. O menino precisa do sangue A Positivo para sobreviver. As doações podem ser feitas

no Hospital dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, localizado na Rua Sacadura Cabral, 178, bairro Saúde, de segunda à sexta-feira, de 8 horas às 12 horas, ou no Hemorio, na Rua Frei Caneca, 8, também no Centro, de segunda a sábado de 8 horas às 12 horas. Os familiares alertam que, chegando ao banco de doação de sangue a pessoa deve falar o nome completo do menino.

Nas redes sociais, parentes e amigos de Davi promovem campanhas diariamente em prol da vida do menino.