Deputado articula cessão de parte de terreno de colégio para ampliação do pronto-socorro da Santa Casa de Barra Mansa

0

BARRA MANSA

O Estado pode ceder um terreno ao município para que o pronto-socorro da Santa Casa seja ampliado. Há quase seis anos o hospital tenta realizar essa obra, mas dependia dessa cessão de parte do terreno do Colégio Municipal Barão de Aiuruoca. O deputado Marcelo Borges da Silva, o Marcelo Cabeleireiro (DC) iniciou uma articulação para tal ação com o governador Wilson Witzel (PSC) e o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes. E nesta quinta-feira, o deputado, acompanhado pelo prefeito Rodrigo Drable (MDB) e pelo secretário municipal de Saúde, Sérgio Gomes, estiveram no local para ajustar os últimos detalhes do processo. O hospital precisa assinar o contrato.

Essa parte do terreno do colégio não é utilizada atualmente, nem há construção existente. “A cessão desse espaço permitirá uma melhora significativa no atendimento público, que é uma das maiores reclamações. Além disso, vai possibilitar que o município consiga mais recursos para garantir o bom funcionamento do pronto-socorro”, disse Marcelo Cabeleireiro. Destacou ainda o fato de o hospital receber muitos pacientes de outras cidades, especialmente pela proximidade com a Rodovia Presidente Dutra – onde muitos acidentes acontecem.

Será agendado agora um encontro entre as três partes – Governo do Estado, Santa Casa e município para conclusão do processo.

NECESSIDADE

Sérgio Gomes, o secretário de Saúde de Barra Mansa, lembrou que atualmente o pronto-socorro representa um problema para a saúde pública, pois existe há mais de 50 anos e precisa de melhorias. “Nossa população cresceu, nós viramos polo para toda a região, então muita gente vem pra cá. A reforma vai aumentar muito o pronto socorro e dar possibilidade da Santa Casa crescer verticalmente e aumentar o número de leitos do SUS”, ressaltou Sérgio Gomes.

POLO DE HEMODIÁLISE

Aproveitando visita ao hospital, o deputado Marcelo Cabeleireiro esteve ainda no Polo de Hemodiálise, construído no local. Sua inauguração será no mês de maio. O local garantirá o atendimento dos pacientes que sofrem de doenças renais e precisam se deslocar para outras cidades.  Outra boa notícia recebida pelo deputado é que também a partir do mês que vem a Santa Casa vai aumentar em pelo menos 160 cirurgias de média complexidade a mais por mês, como vesícula e hérnia.