Criança de um ano e quatro meses morre ao ser atropelada no Centro de Angra

0

Angra dos Reis

Policiais civis da 166ª Delegacia de Polícia estão investigando as causas de um atropelamento de uma criança de um ano e quatro meses ocorrido por volta das 18h30min de ontem no Centro de Angra, próximo a Igreja da Matriz. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

O A VOZ DA CIDADE conversou com o delegado titular da 166ª DP, Bruno Gilaberte, que explicou que está apurando o caso e ouvindo os pais da criança e a mulher que estava dirigindo o carro que a atropelou. “Estamos averiguando ainda qual foi a dinâmica do fato. O que a gente sabe é que a criança atravessou a rua correndo. Ela se desgarrou dos pais e sozinha resolveu atravessar a via, momento em que foi colida pelo carro”, contou o delegado. “Ainda não podemos confirmar se a condutora tem responsabilidade com o que aconteceu. Isso ainda está em apuração. É possível que ela tenha agido de forma imprudente, mas também é possível que não. Isso é o que estamos investigando”, concluiu Bruno Gilaberte.

O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

error: Conteúdo protegido !