Whey Protein, o queridinho das academias

0

BARRA MANSA

O início de uma rotina de alimentação saudável e, principalmente, de uma programação voltada às atividades físicas é bastante difícil. Sempre tem aquela preguiça, aquela vontade de desistir ou mesmo de nem dar o primeiro passo. Porém, se exercitar faz muito bem à saúde, e o uso correto e orientado por profissionais de uma suplementação pode ajudar e muito no ganho de massa e na perda de medidas. O que muita gente não sabe é que o uso do mais popular dos suplementos, o Whey Protein, tem diversos benefícios à saúde.

O WheyProtein é rico em aminoácidos essenciais (BCAA), o que o torna um importante aliado no processo de hipertrofia, já que proteínas são nutrientes indispensáveis para a recuperação celular. O suplemento ajuda na construção das fibras musculares microlesionadas durante o treinamento assim como no seu aumento.

De acordo com a nutricionista esportiva funcional, fitoterapia e coach de emagrecimento, Karina Carvalho, o Whey Protein é a proteína do soro do leite que visa complementar as necessidades diárias de proteína que o organismo precisa. “Embora muitas pessoas que frequentam academia acreditem que Whey serve apenas para auxiliar no processo de ganho de massa muscular, o suplemento tem outras utilidades. Ele pode ser usado para o aumento do rendimento durante o exercício em atletas, pode ser empregado em pacientes que realizaram cirurgia bariátrica ou na recuperação daqueles que estão hospitalizados, em idosos com inapetência, agravado por dificuldade na mastigação e digestão,  em alguns casos de câncer, no auxilio de atender as necessidades diárias de consumo de proteína”, cita, além disso, ela destaca que o suplemento ainda pode ser utilizado para potencializar e ajudar na recuperação após alguns tratamentos estéticos. “Pode ser empregado também, em alguns casos, para auxiliar no processo de emagrecimento, pois promove saciedade, tem efeito termogênico”, destaca.

Com o foco principal em atletas, é preciso ficar de olho nas reais necessidades do corpo, como a profissional destaca. “Todo carboidrato, proteína e gordura fornecem calorias. Então, é importante que procure um profissional nutricionista, para avaliar suas necessidades diárias, se tem necessidade do uso de Whey e como incorporar ele no seu plano alimentar. Pois consumo em excesso de proteína, pode trazer prejuízos ao organismo, como o aumento da permeabilidade do intestino”, Karina destaca que a forma de uso depende de qual o objetivo ele será utilizado. Para aumento do rendimento no exercício, geralmente é utilizado antes do exercício. Já para ganho de massa muscular, utiliza-se depois.

Apesar de todos os benefícios, não adianta só comprar o seu pote de Whey na loja de suplementos e ingerir todos os dias para poder ter os resultado que deseja. É preciso saber consumir esse concentrado da maneira correta. Esta quantidade varia de acordo com o seu peso, tipo de exercício praticado e outras individualidades. Ou seja, esse cara sabe que deve consumir 140g de proteína por dia. E claro que ele não deve consumir esta quantidade de uma única vez.

FIQUE DE OLHO NAS DICAS

Sempre que quiser adicionar um suplemento à alimentação, procure um nutricionista para que ele auxilie.

Whey estimula a saciedade, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e pode auxiliar a prevenir a perda de massa magra no processo de emagrecimento. Há o Whey concentrado, o isolado e o hidrolisado. Então, para a utilização do Whey Protein com o objetivo de emagrecimento, recomenda-se as proteínas isolada e hidrolisada.

É importante observar a credibilidade da marca e se ela possui o selo da Anvisa.

Para os praticantes de atividade física e atletas, ele ajuda na melhora do rendimento, no aumento de força e no ganho da massa muscular.

Não adianta nada apenas tomar o suplemento e não se alimentar corretamente, ele não faz milagre.

Pessoas com problemas renais, como insuficiência renal aguda, precisam de orientação para controlar a quantidade de proteínas de consumo.

Alérgicos à proteína do leite precisam passar por orientação específica.

O consumo sem orientação pode sobrecarregar e comprometer o funcionamento do fígado e dos rins.

Para obter ganhos de qualquer tipo, é necessário aliar o suplemento a uma alimentação rica e ao descanso apropriado.

 

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !