Teatro Gacemss promove ‘O Encontro de Vinicius de Moraes e Baden Powell’

0

VOLTA REDONDA

O mestre do violão brasileiro, Marcel Powell e o ator André Whately, se reúnem nesta sexta-feira no Teatro Gacemss II, apresentando ‘O Encontro de Vinicius de Moraes e Baden Powell’.  Os ingressos antecipados para o show podem ser adquiridos na Secretaria do Gacemss, a apresentação é às 20h30min.

O show que reúne boa música, passando por diversos gêneros musicais, poesias de Vinicius e histórias bem-humoradas de como surgiram determinadas canções, fala de uma das mais brilhantes parcerias da Música Popular Brasileira, que deu origem a um dos mais fortes e marcantes capítulos na história da nossa música: os Afros-sambas.

Após mais de 25 anos apresentando o espetáculo ‘Vinicius de Moraes… É Demais!’, o ator e diretor André Whately destaca nesta apresentação a grande parceria entre Vinicius e Baden. “Durante todos esses anos pesquisei muito sobre Vinicius e seus parceiros musicais, são tantas histórias e tantas músicas que não cabem num único show. Diante da imensidão desta obra, vi a possibilidade de fazer uma bifurcação e me deter neste encontro memorável entre Baden e Vinicius’, explica André.

O violonista Marcel Powell lembra como foi o primeiro encontro com André Whately: “Eu estava hospedado em um hotel em Penedo-RJ e de repente ouvi um som que me era muito familiar, estava acontecendo no restaurante o show ‘Vinicius de Moraes… É Demais!’. Fui ao meu quarto, peguei meu violão e mandei uma mensagem pro André através do garçom: Olá, eu sou Marcel, filho do Baden, e estou aqui”, revela o músico.

De um convite para uma ‘canja’ no show surgiu uma amizade que já dura mais de 15 anos e dessa amizade outros encontros artísticos já aconteceram até chegar a esse momento: “O Encontro de Vinicius de Moraes e Baden Powell’, onde Marcel Powell, que além de tocar, também irá cantar clássicos como Samba da Benção, Consolação, Berimbau, Serenata do Adeus interagindo com o ator André Whately, que interpretará poemas como Ausência, O Poeta e a Lua, e Pôr do Sol em Itatiaia, escrita por Vinicius em 1940 em homenagem a Serra do Itatiaia que frequentava desde 1932.

 

Além da música e da poesia, André e Marcel vão apresentar histórias engraçadas e curiosas de como surgiram algumas canções como no caso da Tocata 147 de Johann Sebastian Bach, que Vinicius “pois uma letrinha” transformou na marcha-rancho “Rancho das Flores”.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !