Semop reúne moradores, comerciantes e autoridades no bairro Retiro, em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
Cerca de 30 pessoas, entre moradores, comerciantes e autoridades estiveram presentes à reunião pública que foi realizada nesta semana, na Subprefeitura do Retiro, que fica na Avenida Antônio de Almeida. O encontro promovido pela secretaria de Ordem Pública (Semop) de Volta Redonda serviu para encontrar soluções para transtornos apontados pelas denúncias feitas aos órgãos públicos, cerca de 600 em um ano, que seriam provocados pelos frequentadores do comércio noturno da Avenida. Retiro, afetando o entorno. “A intenção das autoridades foi, principalmente, ouvir todas as partes envolvidas e tentar encontrar soluções que sejam harmônicas para ambos os lados”, frisou o secretário municipal de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, acrescentando que “é preciso gerar um pacto de confiança e que as decisões sejam boas para todos”.
As reclamações atingem uma área bem populosa e moradores apontam problemas graves como homicídio, atropelamento, disparos de arma de fogo, perturbação do sossego, consumo de substância entorpecente, estacionamento irregular, atos obscenos (urinar em portas de residências), atos libidinosos, dentre outros. Essas denúncias vêm do entorno desses estabelecimentos da Av. Retiro, como a Rua das Roseiras, Rua 9 de julho, Avenida Antônio de Almeida e Rua Dr. Gomes Filho.
NOVA REUNIÃO PÚBLICA
Como se trata de um assunto complexo, o secretário Luiz Henrique propôs a realização de uma nova reunião pública, em data a ser definida, sendo que os presentes saíram com a missão de levar a esse outro encontro o “dever de casa”, através de sugestões para serem debatidas.
Estiveram presentes à reunião pública, além do secretário Luiz Henrique, o representante do 28º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente Flávio; o comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR), inspetor João Batista dos Reis; o subcomandante da GMVR, inspetor Silvano de Paula; a presidente do Conselho Comunitário de Segurança/VR, Rosane Soares; a representante da Federação das Associações de Moradores, Dayene Silveira; a coordenadora da Central de Atendimento Único (CAU), Sâmea Borges; o subtenente Amauri e o sargento Pires, ambos da Semop.