Seleção Brasileira equilibra treinamento e recuperação em Sochi

0

Depois que a bola começa a rolar na Copa do Mundo, o tempo para preparação e treinamentos entre uma partida e outra fica cada vez menor, e a comissão técnica precisa otimizar estes períodos para aprimorar a equipe para enfrentar o próximo adversário e também recuperar o condicionamento físico dos atletas. E o trabalho da Seleção Brasileira neste domingo, no Centro de Treinamento, em Sochi, seguiu este conceito. Com todo o grupo em campo – apenas Danilo e Douglas Costa ficaram de fora em tratamento de suas lesões -, o técnico Tite comandou um treino com bola para os jogadores que ficaram na reserva ou entraram no decorrer do jogo contra a Costa Rica na última sexta-feira. Eles foram divididos em três times e exercitaram a troca rápida de passes em espaço reduzido.

Os atletas que começaram a partida seguiram no processo de recuperação física e fizeram atividades leves com os preparadores físicos Fábio Mahseredjian e Ricardo Rosa. Após o alongamento inicial com todos juntos, Paulinho, Thiago Silva, Miranda, Fágner e Philippe Coutinho correram em volta do gramado do Campo A do CT, onde se desenvolveu todas as atividades do dia. Já Neymar, Marcelo, Casemiro e Gabriel Jesus ativaram os músculos trabalhando com bola no futmesa.

O goleiro Alisson se juntou a Cássio e Ederson nas atividades do dia com o preparador Taffarel. Ontem, o camisa 1 fez regenerativo na academia e não foi a campo.

Alisson se juntou a Cássio e Ederson nas atividades do dia – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A sessão de treino do dia ainda teve o grupo de “reservas” aperfeiçoando as jogadas de ataque em trabalho de finalizações. Gabriel Jesus e Willian também participaram desta atividade. O domingo da Seleção Brasileira terminou com cobranças de pênaltis.

Fernandinho, que entrou no decorrer dos dois primeiros jogos do Brasil na Copa do Mundo, comentou sobre a preparação para enfrentar a Sérvia, jogo que decidirá a classificação para a próxima fase da Copa do Mundo.

“Nós vamos precisar de todo mundo para encarar este jogo contra a Sérvia. Nosso conjunto é muito forte. Temos qualidades individuais, mas o nosso coletivo é o nosso diferencial e precisaremos disso nesse próximo jogo”, destacou.

A Seleção Brasileira é líder do Grupo E, com quatro pontos. Em caso de vitória, a equipe brasileira se classifica como primeiro do bloco. O empate também garante o Brasil nas Oitavas, porém no segundo lugar. No outro jogo decisivo do grupo, jogam Suíça e Costa Rica. Os Suíços têm a mesma pontuação que a equipe Canarinho. Se a Costa Rica, já eliminada, vencer este duelo, a Seleção se classifica em primeiro do grupo mesmo com um empate contra os sérvios.

Brasil e Sérvia jogam na próxima quarta-feira às 15 horas (horário de Brasília), no Spartak Stadium, em Moscou.