Sassaricando – Oscar Nora – 31 de dezembro de 2019

0

Desejamos a todos um excelente 2019!
+
Em 2019 alegrias, esperanças e tristezas se alternaram no mundo dos esportes. Como cálice da sabedoria, esses sentimentos serão úteis para nos tornar mais fortes nas decepções, mais gratos nas vitórias, mais altruistas diante da vida. Irão renovar nossos compromissos de responsabilidade e contribuição ao aprimoramento do nosso tempo.
+
No dia 8 de fevereiro de 2019, uma falha no ar-condicionado incendiou o alojamento do Centro de Treinamento do CR Flamengo matando 10 jogadores. Todos das categorias de base do clube, com idades entre 14 e 16 anos.
+

+
Entre as vítimas estava o voltarredondense Arthur Vinícius, do bairro Volta Grande II. No sábado da semana da tragédia, Vinicius faria 15 anos. O triste e irresponsável episódio que enlutou dez famílias é ainda mais triste em razão dos desdobramentos judiciais e posições de intransigência no pagamento das indenizações devidas.
+
É lamentável a intransigência, a menos que haja um motivo muito forte para justificar tal atitude. Ainda mais quando se sabe que o Ninho do Urubu, na zona oeste do Rio de Janeiro, já havia sido interditado pela Prefeitura do Rio em 2017, após quase 30 multas por falta de alvará.
+
Em 2019 a Seleção Brasileira Sub-17 se tornou tetracampeã mundial, depois de uma brilhante campanha no torneio. Invicta, nossa seleção Sub-17 abateu as seleções do Canadá (4×1), Nova Zelândia (3×0), Angola (2×0), Chile (3×2), Itália (2×0) e França (3×2). Na final, em partida eletrizante, virou e venceu o México (2×1). O Brasil também foi campeão mundial nas edições de 1997, 1999 e 2003.
+
Campeão Carioca, Campeão Brasileiro, Campeão da Copa Libertadores e quase Campeão mundial, o Flamengo-futebol foi a equipe mais surpreendente deste ano. Curiosamente, mesmo tendo estabelecido novos recordes para a maior competição nacional, o Flamengo, com 15.428 pontos, ficou em segundo lugar no ranking anual da CBF, vencido pelo Palmeiras que somou 16.640 pontos.
+
Analisado em cenário nacional, 2019 não foi um bom ano para o futebol do Estado do Rio. Botafogo (14º/9.640 pontos no ranking CBF), Fluminense (13º/9.938) e Vasco da Gama (15º/9.242) estiveram perto de cair para a segunda divisão do Campeonato brasileiro. O Vasco se salvou do rebaixamento mais cedo, mas o Fluminense e Botafogo só respiraram aliviados na última rodada da competição.
+
2019 foi um ano esplêndido para nossos atletas surfistas. Com 17 pódios, colocaram o Brasil no topo dos rankings da Federação Internacional de Surf. Italo Ferreira venceu o Circuito Mundial após ganhar de Gabriel Medina, outro craque. No Circuito Pro Junior, que reúne os atletas até 18 anos, o catarinense Lucas Vicente também brilhou e se tornou o campeão mundial 2019.
+
Obrigado e feliz 2020 para todos!