Resende é destaque em ranking nacional de desenvolvimento

0

RESENDE

A cidade de Resende é destaque no Ranking Connected Smart Cities 2019, feito pela consultoria Urban Systems e divulgado anualmente para medir o potencial de desenvolvimento das cidades brasileiras. O município ficou em 48º lugar na classificação geral, levando em conta os mais de cinco mil municípios brasileiros. O estudo avalia setores como Governança, Meio Ambiente, Urbanismo, Educação, Mobilidade/Acessibilidade e Saúde para chegar ao resultado final desejado, que é apontar as 100 cidades mais propensas a se desenvolver nos próximos anos. Resende foi bem em praticamente todos os itens analisados, mas sobressaiu ao ser apontada como a oitava melhor saúde do país.

Todas as cidades do Brasil foram analisadas e o ranking leva em conta ainda a proporcionalidade da população de cada uma delas, para evitar disparates na avaliação. Como já foi explicado, Resende teve boa média em todos os quesitos e pela média ficou em 48º lugar na classificação geral sobre potencial de desenvolvimento. Foi apontada ainda como a cidade com a oitava melhor saúde do país e a 59ª em Educação.

No mesmo ranking, aparece em 77ª no quesito Urbanismo e é a 91ª em todo o país em Meio Ambiente. O último item apresentado no ranking é Governança, onde Resende apresentou o 75º melhor resultado. No contexto do Estado do Rio de Janeiro a cidade é a quinta melhor e no Sul Fluminense é a primeira na região.

SAÚDE EM ALTA

No item Saúde, o oitavo lugar no estudo nacional significa que Resende é a segunda melhor no Estado, atrás apenas de Niterói, mas é a primeira no Sul Fluminense. O quesito Governança mantém o padrão, com Resende em sexto lugar no ranking estadual e em primeiro na região, após ter ficado com a 75ª colocação no ranking nacional. Resende ainda tem a liderança regional nos indicadores Meio Ambiente e Urbanismo, que igualmente apontam a cidade em quinto lugar no estado e em primeiro no Sul Fluminense. Na Educação, Resende é a sexta melhor do Estado do Rio e a segunda mais destacada na região, atrás apenas de Valença.

O ESTUDO

O Ranking Connected Smart Cities é planejado desde 2014, composto por indicadores de 11 dos principais setores levados em conta pelo mercado. Esses setores são divididos em 70 indicadores e avalia-se a capacidade deles serem conectados para formar uma cadeia que permita promover o desenvolvimento. O estudo avalia todas as publicações técnicas e destrincha todos os indicadores disponíveis sobre cada item para identificar a viabilidade de uso em território nacional no nível municipal da informação.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !