PRF apresenta balanço final da Operação Proclamação da República nas rodovias federais do Rio 

0

SUL FLUMINENSE

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresentou hoje o balanço final da Operação Proclamação da República, que começou na quinta-feira, dia 14, e terminou domingo, 17, com foco nas fiscalizações de embriaguez ao volante e ultrapassagens irregulares. O número de acidentes foi maior do que no mesmo período, mas houve uma queda no número de mortos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em todo o estado do Rio de Janeiro, foram 57 acidentes, 64 feridos e um morto. Autos de Infração foram 4.624; alcoolemia 93; condutor sem cinto 280; passageiro sem cinto 307; criança sem cadeirinha 50; condutor manuseando ou segurando celular 41; ultrapassagens proibidas 720; Carteira Nacional de Habilitação (CNH), foram 115 recolhidas e 218 Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) recolhidos.

Ainda segundo a PRF, foram 53 acidentes no mesmo período do ano passado, com 52 feridos e cinco mortos.

SUL FLUMINENSE

Dentro do balanço acima apresentado, a equipe detalhou o que se refere ao trecho da 7ª Delegacia da PRF, que é responsável pelo trecho da Dutra que corta o Sul do Estado do Rio de Janeiro. Foram quatro acidentes, seis feridos e nenhum morto. Onze ocorrências policiais foram registradas e dez pessoas foram detidas; além de 199 autos de infração (multas) extraídos, sendo as das três infrações mais autuadas, a primeira: ultrapassagens indevidas (47 multas); a segunda: falta de cinto de segurança (22 multas) e a terceira alcoolemia (10 multas).

Também foram recolhidos 26 CNHs e 14 CRLVs e 20 veículos removidos para o pátio.

Já no trecho da 5ª Delegacia da PRF (entre o Km 175, em Três Rios, até o Km 296, em Barra Mansa; com intervalo do trecho municipalizado de Volta Redonda Km 286,6, no Jardim Amália I, até o Km 292, no pórtico de divisa entre as duas últimas cidades), foram registrados: quatro acidentes, sete feridos e nenhum morto.

Foram três ocorrências policiais e três pessoas detidas. Além de 365 autos de infração (multas) extraídos; 50 documentos recolhidos (dez CNHs e 40 CRLVs) e 21 veículos removidos para o pátio por irregularidades diversas.

Durante os quatro dias, policiais rodoviários federais reforçaram a fiscalização nos trechos com maiores índices de acidentes e crimes, de acordo com estatísticas.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !