Preso em Paraty confessa ter escondido corpo de amante em mala em São Paulo

0

PARATY

Agentes da 167ª Delegacia de Polícia (DP) confirmaram ao A VOZ DA CIDADE que o jovem Pablo Danilo dos Santos Damásio, de 22 anos, preso em Paraty após assaltar uma família, confessou ter matado a jovem Viviane Miranda Mauricio, de 26 anos. Ele foi preso na terça-feira, dia 14, e o crime aconteceu em São Paulo no dia 24 do mês passado.

Segundo a Polícia Civil, Pablo foi preso pelos agentes do 33° Batalhão da Polícia Militar (BPM) no bairro Mangueira com Renato de Oliveira Sampaio, de 30 anos. Eles foram flagrados tentando assaltar moradores de Paraty e foram encaminhados para a sede policial.

Na unidade, foi constatado um crime em desfavor de Pablo, que assumiu, segundo a Polícia Civil, que matou a jovem, alegando que a mesma era sua amante e ele não queria que sua esposa tomasse conhecimento da traição.

Tanto Pablo como Renato permanecem presos na 167ª DP e aguardam transferência.

O fato foi registrado como feminicídio e a prisão preventiva do mesmo foi pedida.

O CRIME

Um corpo foi encontrado dentro de um guarda-roupas de um apartamento em Mauá, na região da Grande ABC, em um condomínio no Parque São Vicente. O crime aconteceu no apartamento de Pablo e acabou sendo descoberto pela própria esposa, que chamou a polícia. Ele chegou a ligar para a companheira pedindo que ela não retornasse para o apartamento.

Duas facas foram apreendidas no imóvel e um pino de cocaína.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !