Municípios das Agulhas Negras iniciam Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza nesta terça-feira

0

AGULHAS NEGRAS

O Ministério da Saúde deflagrou nesta segunda-feira, dia 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza que segue até o dia 1º de junho. No Estado do Rio, em virtude do feriado do Dia de São Jorge (23), todas as unidades de saúde iniciam seus procedimentos de imunização nesta terça-feira, dia 24. A vacina contra o vírus da gripe tem como grupo prioritário pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. As pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem se imunizar. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação.

De acordo com o Ministério da Saúde, os grupos prioritários totalizam 54,4 milhões de pessoas. Para imunizar toda a população, haverá 60 milhões de doses, distribuídas aos estados em etapas. Segundo o Ministério Saúde a  vacina protege contra os subtipos do vírus influenza H1N1, H3N2 e influenza B. Segundo o Governo Federal, em 2018, até o dia 7 desse mês, o Brasil contabilizou 286 casos de influenza. Desse total, 117 casos e 16 óbitos foram provocados pelo vírus H1N1, responsável pela pandemia de 2009. Já o H3N2, menos conhecido, registrou, até o momento, 71 casos e 12 mortes no país. Há contraindicação para a vacina para pessoas com alergia ao ovo, porque os antígenos que são colocados no imunizante são cultivados dentro da casca e utilizam a gema e a clara para se replicarem durante o processo de fabricação. Os portadores de doenças neurológicas e síndrome Guillain-Barré também devem consultar um médico antes de tomar a vacina. A vacina tem a validade de um ano. Portanto, quem se imunizou em 2017 precisa retornar aos postos para renovar a dosagem.

IMUNIZAÇÃO REGIONAL

Na Região das Agulhas Negras os municípios de Resende e Itatiaia iniciam a vacinação nesta terça-feira, 24. Em Resende, segundo a Secretaria de Saúde, a aplicação das vacinas em todos os postos de saúde será voltada para os grupos prioritários. O governo ressalta que a imunização das pessoas na faixa etária de cinco a 60 anos, que não estiverem incluídas nos grupos prioritários, somente será feita mediante indicação médica, atestando que o paciente pertence a alguma categoria de risco clínico (casos crônicos de doença respiratória; cardíaca; renal; hepática e neurológica, além de pacientes com diabetes, imunossupressão, obesidade, transplantados e portadores de trissomias – anomalia cromossômica). A vacinação desses grupos poderá ser feita entre os dias 14 e 18 de maio.

A meta da campanha é alcançar 90% da população pertencente a cada grupo de risco. Para isso, a vacinação será desenvolvida até o dia 1º de junho, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h e haverá o Dia D contra a Influenza, no sábado, dia 12 de maio.  “Existem alguns mitos sobre a vacina que precisam ser esclarecidos. O principal deles é que a vacinação pode provocar a gripe, mas isso não é verídico, já que o vírus utilizado está inativo ou morto. Na verdade, a vacinação é a melhor forma para evitar a doença e não o contrário”, informa a enfermeira e coordenadora do Centro Municipal de Imunização, em Resende, Maria Regina de Paula.

O público prioritário inclui as pessoas acima dos 60 anos de idade

VACINAÇÃO EM ITATIAIA

Em Itatiaia a meta é vacinar 100% do público alvo, equivalente a 7.396 pessoas. A Secretaria Municipal de Saúde vai disponibilizar a vacina conforme o cronograma estipulado pelo Ministério da Saúde, iniciando pelo grupo prioritário. “Nosso objetivo é imunizar 100% do nosso público alvo, por isso é importante que as pessoas inseridas nos grupos compareçam as unidades de saúde para receberem a dose da vacina. Vale ressaltar que a vacina é importante porque ajuda a proteger contra o vírus da gripe”, ressalta a coordenadora do Setor de Imunização, em Itatiaia, Andrea Millen.

As doses da vacina estarão disponíveis nesta terça a partir das 13h30min, e do dia 25 em diante das 8h às 16h. A população deve buscar atendimento de imunização contra a influenza na Policlínica Municipal, no Centro e nas unidades de saúde dos bairros Vila Magnólia, Vila Flórida, Vila Esperança, Campo Alegre, Penedo, Maromba e Marechal Jardim. Para receber a dose, o morador deve procurar a unidade de saúde referente ao seu bairro, munido do cartão de vacinação.

IMUNIZAÇÃO EM PORTO REAL

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Real anunciou que a partir desta terça-feira, dia 24, todas as Unidades de Saúde da Família e ainda o Policlínico do Fátima e a Central de Vacinas vão realizar a campanha, de segunda a sexta, das 8h às 17h. A coordenadora de Imunização, Kátia Virgílio, explicou que a meta é vacinar cerca de 90% do público-alvo, correspondente a 4.560 pessoas. “Nosso objetivo é reduzir as complicações e as internações e mortes causadas pelo vírus da Influenza. Por isso, é extremamente necessário receber a dose anualmente. As contraindicações à vacina são para pessoas alérgicas ao ovo de galinha e seus derivados ou ainda para as que tiveram qualquer reação às doses anteriores”, disse Kátia, reforçando a importância do cartão de vacinas. “Importante que quem tiver o cartão de vacinas leve para que o mesmo possa ser avaliado. Os menores de idade devem ser acompanhados pelos pais ou responsáveis”, ressalta.

As doses da vacina podem ser aplicadas nas crianças, que devem ser conduzidas pelos pais ou responsáveis

QUATIS ANUNCIA PROCEDIMENTO

Em Quatis, segundo a secretária municipal de Saúde, Ana Lúcia Galvão, a expectativa da prefeitura é vacinar um total de 3.286 moradores desta terça-feira até o dia 1º de junho, quando a campanha nacional será encerrada em todo o país. Nas unidades médicas de Quatis, a aplicação das doses acontecerá de 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Os postos relacionados para aplicar a vacina em Quatis são os seguintes: Clínica da Família (bairro Nossa Senhora do Rosário); unidades do Programa Saúde da Família dos bairros Mirandópolis, Jardim Independência e Jardim Pollastri; postos de saúde dos distritos de São Joaquim e Falcão, ambos na zona rural, além da Casa da Criança, que funciona na Praça Getúlio Vargas 7, próximo à igreja matriz de Nossa Senhora do Rosário. Com exceção da Casa da Criança – que vai imunizar apenas crianças – as outras seis unidades vão vacinar os moradores de todos os segmentos indicados para receber o medicamento. “A vacinação em Quatis acontecerá de forma permanente nas unidades médicas, sempre no mesmo horário, mas no decorrer da campanha de imunização as equipes de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde irão às residências dos pacientes acamados para aplicar o medicamento. Estamos organizando esse trabalho e iremos informar às respectivas famílias através dos agentes comunitários de saúde. Por determinação do prefeito Bruno de Souza (MDB), planejamos ainda postos volantes nas comunidades rurais mais distantes, a exemplo do que ocorreu na imunização contra a febre amarela”, declarou Ana Lúcia, salientando que o calendário de vacinação volante também será divulgado.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !