Médico ministrou palestra sobre o “Maio Roxo” no Plenário da Câmara de Vereadores

0

RESENDE

A Campanha de Conscientização sobre o Lúpus, mais conhecida como “Maio Roxo”, foi tema de palestra na terça-feira, dia 17, no Plenário da Câmara de Vereadores, no Centro da cidade. O médico reumatologista, Pedro Antônio Ramon Haddad, fez explanações sobre o Lúpus, uma doença reumática crônica autoimune cujas origens ainda são pouco conhecidas.

O médico Pedro Antônio, fez explanações sobre o lúpus, uma doença reumática crônica autoimune-Divulgação CMR

O convite partiu do presidente da Casa, vereador Reginaldo Paulo da Silva, o Reginaldo Engenheiro Passos (Podemos), e faz parte da campanha Maio Roxo, de conscientização sobre o Lúpus, instituída no município por uma lei de autoria do próprio parlamentar. Trata-se da Lei nº 3.420, que inclui a Semana de Atenção e Conscientização contra o Lúpus no Calendário Oficial de Eventos do Município e estabelece o uso da cor roxa pelo Poder Público ao longo deste mês com o intuito de divulgar a campanha.

Para Reginaldo, o objetivo da Campanha “Maio Roxo” foi de chamar a atenção para o impacto da doença na vida das pessoas e a necessidade de investir mais em diagnóstico, tratamento e pesquisa. “É preciso melhorar os serviços oferecidos para os pacientes com lúpus, ampliar as pesquisas sobre as causas e diagnosticar e tratar a doença precocemente para minimizar o sofrimento dessas pessoas”, explica o parlamentar.

DOENÇA

O lúpus eritematoso sistêmico ocorre quando o sistema imunológico ataca e destrói tecidos saudáveis, criando anticorpos que causam inflamação, dor e danos nos olhos, rins, articulações, pele, coração e cérebro. Os motivos desse comportamento anormal do corpo ainda são desconhecidos, mas pesquisas indicam que a doença seja resultado de uma combinação de fatores, como hormonais, infecciosos, genéticos e ambientais.