Festa dos Mineiros acontece nos próximos sábados em Resende no sistema de drive-thru

0

RESENDE

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a tradicional Festa dos Mineiros” acontece nos próximos sábados dias 04 e 11. Este ano, a festividade, organizada pela Comunidade Eclesial Cristo Ressuscitado que integra a paróquia Santa Cecília, vai comercializar os deliciosos quitutes, entre eles, canjica, arroz carreteiro, feijão amigo, caldo verde e o pão com linguiça, no sistema de drive-trhu, onde as pessoas podem comprar os produtos sem precisar sair do carro. As pessoas poderão retirar os produtos no pátio da Igreja Cristo Ressuscitado, no período das 19 às 22 horas.

O padre Márcio Correa Mendes, da Paróquia de Santa Cecília, em Resende, conta que este ano a Festa dos Mineiros que está na 46ª edição, não poderá ser realizada na rua devido às recomendações de saúde para evitar aglomerações. “Por ser muito tradicional em Resende, a Festa dos Mineiros, geraria aglomeração de pessoas. Com o intuito de evitar a reunião de pessoas e para não deixar passar em branco a festividade, que é uma tradição da Paróquia e da cidade, reunimos o conselho da paróquia e decidimos de fazer em sistema de drive-thru”, conta o pároco, informando que as pessoas poderão comprar os deliciosos quitutes, entre eles, canjica, arroz carreteiro, feijão amigo, caldo verde e o pão com linguiça pelo Facebook, WhatsApp ou presencialmente. “As pessoas vão poder acessar o Facebook de nossa paróquia e, lá, vão encontrar um site ou o WhatsApp onde poderão fazer a compra dos produtos que serão comercializados nos dois sábados que serão realizados as festas. Os quitutes poderão ser retirados com o carro, no pátio da Igreja Cristo Ressuscitado, na Vila Julieta, no período das 19 às 22 horas. Lá, equipes de voluntários estarão aguardando as pessoas para preparar, embalar e entregar os produtos”, explicou.

Os tradicionais quitutes da Festa dos Mineiros serão vendidos no sistema de drive-trhu-Divulgação PMR

Padre Márcio contou ainda que os produtos que estarão à venda são os mais procurados anualmente na Festa dos Mineiros. “Estaremos vendendo o arroz carreteiro, o pão com linguiça, caldo verde, feijão amigo e canjica são os itens mais procurados na festa de rua. Mantivemos estes itens pela praticidade de confecção, já que não exige uma aglomeração de pessoas na cozinha da Igreja e também por ser os mais vendidos”, disse Mendes acrescentando que os alimentos serão feitos pelos voluntários como acontece anualmente.

Toda a renda arrecadada com a venda dos produtos será revertida par a Igreja. “Os valores serão repassado para o fundo Paroquial que faz a manutenção da Igreja, paga os salários dos dez funcionários que são registrados, além do valor para a montagem das 40 cestas básicas que são doadas as famílias carentes”, explica o pároco convocando a participação da comunidade resendense. “Espero que as pessoas compareçam e aproveitem este momento de fraternidade. Será um alívio neste momento que estamos vivendo de pandemia e isolamento social. Mesmo não podendo sair dos carros, as pessoas poderão se reconectar com as suas memórias afetivas que tem desta festa tradicional”, disse.

error: Conteúdo protegido !