Eletronuclear desliga Angra 2 para reabastecimento

0

ANGRA DOS REIS

A Eletronuclear desligou a usina de Angra 2 desde a zero hora desta segunda-feira, dia 22, com o objetivo de fazer o reabastecimento de combustível da usina. A parada foi programada em comum acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), com duração prevista de 29 dias. Segundo a Eletronuclear, nesse período, cerca de um terço do combustível nuclear será trocado. No mesmo período serão realizadas inspeções, atividades de manutenção periódica e testes que só podem ser feitos com a unidade fora de operação.

A Eletronuclear contratou prestadores de serviço nacionais e estrangeiros para auxiliar nas tarefas. Serão disponibilizados 1.146 profissionais brasileiros e em torno de 250 estrangeiros para atuar em conjunto com os técnicos da empresa.​ Cerca de 4.500 atividades estão previstas para serem executadas durante a parada.

Além do carregamento do reator, destacam-se inspeção interna do núcleo e da tampa do vaso de pressão do reator; substituição do motor de uma das bombas de refrigeração do reator; revisão geral, ultrassom e testes em uma das turbinas de baixa pressão; ultrassom em soldas do sistema primário e de dois geradores de vapor; teste de corrente parasita em dois geradores de vapor; e manutenção dos transformadores principais.

REABASTECIMENTO ANUAL

De acordo com a Eletronuclear, as paradas para reabastecimento ocorrem aproximadamente a cada 12 meses e são programadas com pelo menos um ano de antecedência. O procedimento leva em consideração a duração do combustível nuclear e as necessidades do Sistema Interligado Nacional (SIN). Durante o período em que a usina permanece desligada, o ONS gerencia o sistema interligado de forma a garantir um abastecimento seguro de energia elétrica para o país.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !