Eletrobrás analisa projeto de ônibus elétrico de Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

O modelo do Tarifa Comercial Zero de Volta Redonda vem inspirando, além de outros municípios, empresas que visam a sustentabilidade e um transporte de qualidade. Nesta terça-feira, dia 21, três representantes da Eletrobrás Eletronuclear se reuniram com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET) para conhecer melhor o projeto e fazer o percurso do ônibus elétrico pela cidade.

Segundo o prefeito Samuca Silva, o projeto, que liga os principais pontos comerciais da cidade, vem sendo muito elogiado pelos municípios e empresas que visitam Volta Redonda visando se inteirar sobre a licitação e os benefícios desse investimento. “Estamos felizes por saber que nossa cidade é exemplo de sustentabilidade com essa ação”, disse. Atualmente, a Eletrobrás Eletronuclear conta com 52 ônibus que colaboram com o deslocamento interno e externo dos funcionários.

De acordo com o engenheiro de infraestrutura, César Bassi, os ônibus também são usados para o plano de emergência da empresa. “Ficamos sabendo que a prefeitura de Volta Redonda tinha adquirido ônibus elétricos para percorrer dentro da cidade e, através disso, surgiu a oportunidade de vir aqui conhecer tanto o processo de licitação quanto o programa em si. Queremos implementar isso também dentro da empresa, que vai de encontro com a questão da sustentabilidade e energia limpa da Eletrobrás”, contou.

TARIFA ZERO

O Tarifa Comercial Zero conta, atualmente, com três veículos circulando gratuitamente entre os principais centros comerciais do município. Os ônibus elétricos possuem ar condicionado, internet Wi-Fi e ligações USB para recarregar aparelhos móveis, além de serem silenciosos e não poluírem o meio ambiente.

O itinerário inclui os bairros Retiro, Aterrado, Vila Santa Cecília e Centro (Amaral Peixoto), além do Shopping Park Sul, com intervalos nos pontos de parada de aproximadamente 20 minutos. O Tarifa Comercial Zero funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, e no sábado, até às 14 horas.

 

error: Conteúdo protegido !