Dermatologista lista segredos para ter a pele facial hidratada no inverno

0

SUL FLUMINENSE

Basta à temperatura cair um pouco para a pele ficar seca, áspera e irritada. Principalmente a pele do rosto, não é mesmo? E essa situação pode piorar no inverno, estação em que o frio prevalece. Por isso, pensando em uma saúde do rosto e ressaltando a importância da hidratação, a dermatologista Camila Moulin listou alguns segredos que vão ajudar a manter a pele facial hidratada no inverno.

Até mesmo as peles oleosas devem ser hidratadas. Uma dica é buscar na embalagem os dizeres ‘livres de óleo’ e você estará entregando a água que sua pele precisa nesse inverno, sem, no entanto piorar a sua oleosidade ou desencadear acne. Se estiver na dúvida, uma consulta com sua dermatologista de confiança pode ajudar.

Quando o assunto é pele seca, Camila aponta que quem tem sofre ainda mais no inverno. “Vejo dermografismo, eczema, disidrose – enfim, um sem número de condições relacionadas à secura da pele que piora no inverno. Para estas eu indico hidratantes mais densos, máscaras faciais e até mesmo hidratação injetável no consultório. É preciso hidratar para manter a pele integra e protegê-la de todas as condições que podem surgir no inverno mais rigoroso”, cita.

Óleo facial é indicado somente se sua pele não tiver tendência a acne. “Se você for mulher e já estiver na menopausa, sem acnes, e bem provável que o óleo facial lhe traga muitos benefícios sim”, responde Camila Moulin.

A dermatologista ainda lembra que a água micelar e termal não substituem o hidratante. A primeira serve para limpar a pele e a segunda, para inflamação (ela tem propriedades anti-inflamatórias). “Apesar do nome conter ‘água’, não entram na categoria hidratantes. É preciso usar, pelo menos, um tônico hidratante após a utilização de ambas”, diz a médica, aconselhando comprar hidratantes já com proteção solar.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !