Fatores externos influenciam mudança de pele no decorrer dos anos

0

SUL FLUMINENSE

Se você está achando que sua pele está mais seca ou oleosa do que o de costume, saiba que, além da idade, alguns hábitos de vida realmente podem influenciar na textura da pele. Até mesmo exercícios físicos e falta de hidratação podem ser os responsáveis pelas mudanças na pele.

De acordo com o dermatologista Jardel Volpe, a pele é um órgão vivo que passa por mudanças significativas ao longo da vida de cada pessoa. Desde a pele delicada de um bebê recém-nascido, até a adolescência, quando algumas são propensas à acne e chegando às rugas da idade madura. “Cada etapa tem suas próprias exigências e o cuidado da pele deve refletir estas necessidades variáveis. Escolher os produtos apropriados para limpar, proteger, nutrir e reparar a pele em cada uma destas etapas, ajudará a manter uma pele saudável e vai garantir uma percepção e aparência natural em qualquer idade’, destaca.

Ele ainda destaca alguns fatores que determinam mudanças na pele. “Nosso tipo de pele é determinado geneticamente, mas também existem diversos fatores que influenciam nesse processo, como os desequilíbrios hormonais, a alimentação, o próprio clima e o uso de medicamentos”, conta.

Hábitos alimentares influenciam na pele

Os desequilíbrios hormonais podem alterar a qualidade e tipo da pele, causando ressecamento ou excesso de oleosidade, por exemplo. No caso da alimentação, gordura, fritura e os carboidratos podem estimular a produção de sebo, tornando a pele mais oleosa. O baixo consumo de água, vegetais e legumes influenciam diminuindo a hidratação da pele e tornando o tecido mais seco. Já exagerar na bebida alcoólica piora da hidratação da pele, resultando em uma pele mais ressecada.

O uso de medicamentos, como os anti-histamínicos (para alergia), exercem influência na pele, deixando o tecido mais ressecado. Isso acontece porque os antialérgicos agem combatendo os efeitos da histamina, um mensageiro químico comum que, apesar de ser o causador de sintomas alérgicos como espirros e coceira, possui uma série de funções importantes no organismo.

O especialista explica que, ao se conectarem a receptores presentes nos sebócitos (células responsáveis pela produção sebácea), essas histaminas estimulam a liberação da oleosidade responsável por proteger e hidratar a pele. Outra medicamento conhecido por deixar a pele mais seca é a isotretinoína, usada no tratamento da acne.

Atividade física 

Você sabia que o excesso de exercícios físicos sem a hidratação correspondente também pode deixar a pele mais seca? A mudança acontece em um primeiro momento, mas é passageira e, dependendo da agressão (do excesso), pode ocorrer efeito rebote, ou seja, o corpo produz mais oleosidade para compensar esse ressecamento. Portanto, sempre tenha à mão uma garrafa de água enquanto realiza seu treino.

Perda do colágeno

A idade e a perda da elasticidade também são fatores que podem provocar mudanças no tipo de pele. O envelhecimento tende a deixar a pele com aspecto mais seco em algumas áreas específicas, mas geralmente isso acontece apenas por influência hormonal, que muda com o passar dos anos. De acordo com o dermatologista, com o envelhecimento há quebra das fibras de colágeno e elastina, responsáveis pela  sustentação, diminui a produção de oleosidade e reabsorve os compartimentos de gordura do rosto. Por isso, a pele fica mais ressecada flácida e com menos brilho.

Cuidados diários 

Para que você mantenha a pele sempre saudável e bem cuidada, é importante fazer uma hidratação duas vezes ao dia, de manhã e à noite e esfoliação de uma a duas vezes por semana. Essa frequência é a mesma, independentemente do tipo de pele, o que muda é o produto, que deve ser feito para o seu tipo de pele, seja oleosa, mista ou seca. É realmente importante que o cosmético consiga suprir a necessidade da pele. No caso das peles mais oleosas, elas podem ficar ressecadas por falta de água, então precisam de hidratantes oil-free, na forma de séruns, justamente para não oferecer a essa pele lipídios, substância na qual ela já é rica.

Já as peles mais secas precisam de reposição de lipídios, uma vez que elas têm maior dificuldade na produção de gorduras de boa qualidade, por isso precisam ser hidratadas com cremes em formulações mais oleosas e de preferência com óleos vegetais.

 

 

error: Conteúdo protegido !