Depilação a laser a solução para o fim dos pelos indesejáveis

0

SUL FLUMINENSE

Para mulheres que sofrem com pelos escuros e grossos, os métodos convencionais de depilação, como ceras quentes ou lâminas de barbear (mesmo as femininas), podem ser um verdadeiro inferno. Alguns deles acabam agredindo a pele em vez de deixá-la suave como a depilação deveria. Mas com a depilação a laser essas mulheres estão conseguindo ser, literalmente, mais livres.

De acordo com a gerente de uma clinica especializada, Roberta Conde, em dez sessões a mulher fica totalmente livre dos pelos, para sempre. “Não tem nada melhor, é um tratamento que se parar para analisar o custo/benefício compensa e muito, além de evitar a foliculite, que são os pelos encravados”, destaca, acrescentando que os fios que não forem totalmente destruídos vão crescer mais finos e claros.

A depilação é indicada para todos os tons de pele, porém o tratamento em peles escuras é contraindicado. Por te mais melanina, que atrai o laser pela cor, novos equipamentos possuem mecanismo de regulagem do comprimento e da luz, permitindo o uso em tons de pele morena e negra. “A depilação a laser é indicada somente para pelos escuros, pois a pouca concentração de melanina  dos pelos loiros e ruivos faz com que o tratamento se torne ineficiente”, esclarece.

Dói? Não! Roberta, destaca que o laser utilizado em sua clínica é o Alexandrite, que tem o auxílio do Criógeno, um gás de gelo seco a cada laser lançado, o que minimiza a dor em relação a outros métodos. “O cliente chega até nós, passa por uma avaliação e só então realiza o procedimento que é feito apenas por fisioterapeutas especializados”, conclui Roberta.

 

 

 

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !