Covid-19: Hemonúcleo de Resende esclarece dúvidas e pede doação

0

RESENDE

A Prefeitura de Resende, através da Secretaria Municipal de Saúde, tem reforçado os cuidados e está atenta ao impacto do Coronavírus (Covid-19) no estado do Rio de Janeiro e também no país. O Hemonúcleo de Resende está preocupado com a queda das doações por conta do novo vírus, porém esclarece e sugere diversas ações para minimizar o desabastecimento dos estoques, garantindo também a segurança dos doadores do município.

O estoque do Núcleo de Hemoterapia de Resende (NHR) atende hospitais de Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis. O órgão funciona em anexo ao Hospital de Emergência, de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, neste momento de efeito do coronavírus, os doadores podem agendar as doações através do telefone: (24) 3381-4834. “O Hemonúcleo está funcionando normalmente. Esse agendamento das doações de sangue por telefone é para evitar aglomerações de pessoas, diminuindo o contágio e transmissão da doença. O doador liga para o Hemonúcleo, agenda e comparece no dia e horário marcado”, disse o secretário Alexandre Vieira.

Até o momento, não existe risco de transmissão de coronavírus através da doação ou transfusão de sangue. Porém, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e Anvisa, os doadores que voltaram de regiões com transmissão do vírus ou que estiveram em contato com pessoas com suspeita da infecção devem aguardar 30 dias para doar sangue.

Já as pessoas que tiveram o Covid-19 só poderão doar sangue após 90 dias. A administração municipal lembra que os critérios podem ser atualizados de acordo com a evolução da pandemia.

As equipes técnica e de apoio do Hemonúcleo de Resende estão atentas para deixar o local de triagem, coleta e lanche devidamente limpo e higienizado. “Nós reforçamos que pessoas que apresentem alguns sintomas de gripe ou de outras doenças estão sendo orientadas a não comparecer no Hemonúcleo, pois não poderão doar sangue”, ressalta a coordenadora do Hemonúcleo, Maria Fernanda Aguiar.

RECOMENDAÇÕES

A coordenação do Núcleo de Hemoterapia de Resende recomenda que os doadores lavem as mãos com água e sabão ou álcool gel antes de entrar, antes de lanchar e ao sair do local; Caso o doador fique doente em até 14 dias após a doação, deve entrar em contato com o Hemonúcleo pelo telefone ou e-mail: [email protected].

Além disso, é recomendado manter uma distância mínima de 1 metro entre pessoas e evitar apertos de mãos e abraços; Também não deve compartilhar objetos de uso pessoal como talheres e copos, e ainda caso for tomar alguma vacina, a pessoa deve doar sangue antes.