Volta Redonda vai sediar a 3ª edição do StartVR

0

VOLTA REDONDA

Volta Redonda vai sediar neste final de semana, sábado, 5, e domingo, 6, a 3ª edição do Ideathon StartVR, que será aberto ao público para propor soluções inovadoras e soluções para o Poder Público. O Ideathon StartVR é a primeira etapa da terceira edição do StartVR, que contempla ainda outras duas fases. O encontro será realizado das 8 horas às 22 horas, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-VR) e terá como público-alvo, em sua maioria estudantes, funcionários públicos e privados, aposentados e empreendedores. Os interessados em participar podem se inscrever pelo site http://bit.ly/ideathonstartvr.

A realização Ideathon StartVR é uma parceria entre a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Empresa de Processamento de Dados (EPD-VR), a CDL-VR, o Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) e a Theia – Educação de Impacto. Segundo o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, é importante investir em ideias inovadoras e eventos como esse têm recebido atenção por parte do Governo Municipal. “Realizamos o 1º Seminário Sul Fluminense de Governança em Tecnologia da Informação, firmamos parceria com a Oracle para capacitar nossos professores, além do Startup Weekend, que estimulou a criação de startups”, informou.

O evento contará com a participação mentores de diversas áreas durante todo o processo de construção e validação das soluções. Serão utilizadas técnicas de ideação, modelagem de negócios e oficinas de pitch, que ensina apresentar ideias a possíveis interessados durante uma conversa no elevador.

Todos os projetos estarão pré-selecionados para participarem da incubadora de negócios da EPD-VR. Além da incubação, os 3 projetos melhor avaliados serão contemplados com premiações diversas que irão auxiliar a continuidade do projeto.

ATÉ CINCO EMPRESAS PODERÃO SER ENCUBADAS

Ao final do processo, o diretor-presidente da EPD-VR, Matheus Moreira Cruz, explicou que até cinco empresas selecionadas poderão ser encubadas pela EPD-VR, durante 12 meses, em que serão fornecidos infraestrutura compartilhada para três membros de cada equipe, com mobiliário, internet, telefone, computadores, servidores, entre outros, além de consultoria e mentorias dedicadas com especialistas, dando todo suporte necessário no desenvolvimento inicial das empresas. Explicou ainda o diretor que o Ideathon é importante para as startups que participarão do StartVR se prepararem.

A segunda etapa do StartVR é a Trilha Sebrae, que ocorrerá no dia 19 de outubro. Será uma capacitação de como abrir e gerir uma empresa, criação do Mínimo Produto Viável (MVP), como montar um plano de negócios, entre outros tópicos. A terceira etapa é o Demoday StartVR, evento para debater sobre inovação e tecnologia na região e seleção das soluções mais inovadoras. Mais informações estão disponíveis no site www.startvr.com.br.

SELECIONAR E PREMIAR OUTROS PROJETOS

Segundo explicou a empreendedora e produtora cultural, Luiza Luth, que participa da organização do Ideathon, e o evento é uma ótima oportunidade para os participantes tirarem as ideias do papel. Lembrou que quem não tiver algo pronto, no evento poderá participar de equipes, identificar ideias que podem estar trabalhando durante o fim de semana. “Teremos também mentores, conselheiros que vão auxiliar os participantes. Venha fazer conexões, aprender um pouco mais sobre o governo, sobre as inovações que podem estar atreladas ao governo”, convidou Luiza.

Serão formadas equipes em torno das melhores ideias, determinadas por votação, e a partir daí são 28 horas de criação de modelos de negócios, programação, design e validação de mercado. O fim de semana termina com a apresentação dos projetos para uma banca de jurados que irão avaliar todos os aspectos envolvidos na construção de uma solução inovadora.