Vítimas de acidente com lancha em Angra dos Reis são identificadas

0

ANGRA DOS REIS

Foram identificadas como Alexandre da Silva Leite, de 43 anos, e Walquíria de Almeida Barros, de 29 anos, as duas vítimas fatais do acidente envolvendo uma lancha ocorrido no início da tarde desta sexta-feira, dia 30, na Ilha Grande. Além dos dois foram atingidas pela embarcação: Camila Martinez Précoma, de 30 anos, e Natacha de Oliveira Soares, de 27. Ambas foram socorridas, passaram por cirurgia e estão internadas no Hospital Geral da Japuíba, mas não correm risco de morte.

As duas mulheres feridas chegaram a ter o dedo dos pés amputados pela hélice da lancha. Já Alexandre sofreu cortes no corpo todo e morreu na hora. Walquíria chegou a ser socorrida mas não resistiu aos profundos cortes nas pernas,. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Angra dos Reis.

O condutor da lancha que atropelou o quarteto se apresentou na delegacia (166ª DP) para prestar depoimento. Segundo o delegado adjunto Márcio Pereira Teixeira de Melo, ele foi submetido ao teste do bafômetro e não foi constatada ingestão de bebida alcoólica. A documentação dele e do veículo aquático também estavam regulares. O homem, que não teve a identidade divulgada, foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e teve fiança estipulada de R$ 2 mil para responder o crime em liberdade. Até a noite desta sexta-feira ele não havia efetuado o pagamento.

O ACIDENTE

O atropelamento aconteceu por volta do meio-dia. As vítimas estavam na localidade conhecida como Lagoa Azul, quando foram surpreendidas e atingidas pela lancha. Elas foram socorridas por pessoas que estavam no local e levadas pela mesma embarcação que as atingiu até o cais de Santa Luzia, no Centro. Já no cais, eles receberam os primeiros atendimentos do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil municipal. Segundo a prefeitura de Angra, as vítimas eram turistas de São José dos Campos (SP) que tinham saído em um passeio de saveiro a partir da Vila do Abraão, em Ilha Grande. A saveiro parou na Lagoa Azul, para que os turistas pudessem nadar no mar.

Além da Polícia Civil, o caso deve ser investigado pela Capitania dos Portos.

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !