Triagens para o projeto Coluna Reta começam na próxima semana em Volta Redonda

0

 VOLTA REDONDA

As triagens para o projeto “Coluna Reta”, da Prefeitura de Volta Redonda, começam na próxima semana, dia 11. O serviço é realizado em conjunto entre as secretarias de Ação Comunitária (Smac), Saúde (SMS) e Esporte e Lazer (Smel) e busca promover a prevenção da escoliose idiopática em crianças e adolescentes. A ação faz parte do Junho Verde, mês da Conscientização Mundial da Escoliose.

As avaliações acontecem inicialmente no Centro de Referência e Assistência Social (Cras) do Santo Agostinho, a partir das 9 horas, e no da Vila Americana, às 14h30min. Destinado a crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, o serviço será levado a mais pontos da rede de assistência social. O levantamento é feito através da análise de possíveis casos,  que serão encaminhados aos cuidados da equipe de triagem. Com o retorno das atividades esportivas e escolares, a triagem será realizada também pela Secretaria Municipal Educação (SME) e a Smel.

Busca ativa de crianças e adolescentes

De acordo com o secretário Municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, o objetivo é realizar uma grande busca ativa de crianças e adolescentes que desconhecem a doença. O objetivo é promover a prevenção através do diagnóstico precoce. “Para isso, vamos fazer essa triagem nas unidades dos Cras e também em locais públicos. Vamos mobilizar uma equipe especializada e treinada para fazer exames físicos nesses adolescentes”, ressaltou o secretário.

No dia 18 de junho, o levantamento acontece no Cras Retiro às 10 horas e no Cras Vila Brasília, às 14h30min. Além dessas ações uma equipe externa vai atuar, no dia 19, na Avenida Amaral Peixoto, próximo ao viaduto, de 9h às 13h. Já no dia 20 a triagem acontece no bairro Vila Santa Cecília, embaixo da biblioteca, de 9 horas às 13 horas. O atendimento dos adolescentes avaliados pela triagem realizada nos Cras será no dia 18, de 8h às 17h, na Policlínica da Cidadania, que fica no Estádio Raulino de Oliveira, com um médico ortopedista e sua equipe. Os adolescentes que necessitarem de acompanhamento serão conduzidos a Policlínica com o transporte de micro-ônibus disponibilizado pela Smac.

Mês da Conscientização Mundial da Escoliose

De acordo com o médico responsável pelo projeto Coluna Reta, o ortopedista especialista em coluna, Juliano Coelho, os trabalhos vão começar em junho, que é o mês da Conscientização Mundial da Escoliose. O atendimento aos adolescentes que passarem pela triagem será todas às sextas-feiras, na Policlínica da Cidadania.  “O exame físico é rápido e o objetivo é de ampliar o serviço através de busca ativa contínua. Para isso, vamos treinar equipes nas unidades de saúde para que elas possam identificar o problema e encaminhar para a Policlínica. Quanto mais cedo for diagnosticado, mais fácil é o tratamento. A escoliose causa uma deformidade inaceitável na coluna, falta de ar, além de problemas psicológicos”, apontou o especialista.

Escoliose

Apesar de pouco conhecida pela população, a escoliose idiopática adolescente já atinge milhões de pessoas no Brasil e em todo mundo. O mês de junho foi escolhido para conscientizar sobre a importância de uma avaliação já na infância para que as possibilidades de êxito nos tratamentos sejam cada vez maiores.

A escoliose é um desvio lateral e rotacional da coluna vertebral que acontece no período do estirão do crescimento, 9 aos 14 anos. Mais comum em meninas, a escoliose acomete em torno de 4% da população mundial segundo a Organização Mundial de Saúde. Quando em estágio avançado, causa deformidade estética, falta de ar, limitação para atividades laborais e diversos problemas psicológicos.

 

error: Conteúdo protegido !