Tempo fica instável podendo trazer transtornos como alagamentos e deslizamentos

0

SUL FLUMINENSE

Moradores e turistas da região Sul Fluminense devem ficar atentos para um feriado com tempo instável, até o próximo domingo. Segundo informações do Centro de Monitoramento Climático do Sul Fluminense, uma frente fria passará pelo Estado do Rio de Janeiro. A previsão acabou mudando os planos de muita gente que ficou aqui na região ou que veio a passeio visitar os familiares e as belezas de Visconde de Mauá ou do Litoral.

Segundo a equipe do CMCF, ao longo do dia de hoje vamos ter a passagem oficial da frente fria pelo estado e isso vai deixar o tempo muito instável em todas as áreas do Rio. Isso acabará propiciando risco de chuva, que pode variar de fraca, moderada e forte intensidade, acompanhadas de raios e rajadas de vento. “Principalmente no período da tarde e noite. A chuva pode ser bem volumosa em várias cidades, aí que mora o perigo, pois a chuva da semana passada deixou o solo encharcado e por isso não dá para descartar o risco de novos deslizamentos de terra durante o feriado prolongado”, informou o observador meteorológico, Rafael Belan. “Em relação às temperaturas, o calor diminui, mas não esfria, fica bem abafado ainda”, completou.

SÁBADO

No sábado o tempo continua instável sobre o estado do Rio, segundo Belan. “Com predomínio de céu nublado. O sol até aparece entre muitas nuvens ao longo do dia e o risco de chuva de moderada a forte intensidade continua. Em algumas cidades, essa chuva pode ser persistente, acumulando grandes volumes de chuva, podendo trazer alguns transtornos como alagamentos pontuais e risco de deslizamento de terra em áreas de risco”, comentou.

DOMINGO

O observador explica ainda no domingo áreas de instabilidade continuam sobre o estado e vão ganhar o reforço de uma nova frente fria. “Sua aproximação aumenta as condições para chuva no estado. Pode chover de moderada a forte intensidade sobre o Rio, com risco de temporais com raios e rajadas de vento em alguns pontos”, diz, pedindo que nesse período as pessoas se protejam dos raios e tenham muito cuidado com as cachoeiras.

SE PROTEJA

Nicolle Vieira, de 22 anos, ia viajar com a família no final de semana para Angra dos Reis. Segundo ela seu pai tem uma casa no Parque Mambucaba e já estavam reciosos quanto a violência, mas depois que viram a previsão do tempo acabaram mudando de ideia. “Desse jeito preferimos ficar em casa mesmo. Vamos ficar por aqui, fazer coisas em clubes, ou descansar mesmo. Se em algum dia o sol aparecer, podemos ir para Penedo, em Itatiaia, aproveitar o dia”, disse a estudante.

O observador Rafael Belan ressalta para quem pretende ir para o Litoral curtir uma praia ou então curtir uma cachoeira, tomar alguns cuidados. “Se você estiver na praia e o tempo virar, o céu começar a ficar escuro com aquele ar de temporal mesmo, saia imediatamente. Durante um temporal com raios sempre busque abrigo em uma residência ou em seu carro com as portas e janelas fechadas. De jeito nenhum fique na praia, pois o raio quando cai ele procura o ponto mais próximo (alto) para atingir, e em um ambiente aberto como a praia esse ponto é você”, afirmou Belan.

Ele sugere ainda atenção redobrada nas cachoeiras. “A água da chuva leva um certo tempinho para escoar pelos rios. Se você está em uma cachoeira e percebeu que o céu nas redondezas está muito escuro é melhor nem entrar na água. Pode ter acontecido uma tromba d’água na parte alta da Serra e você não sabe, mas quando essa água chegar, dificilmente se escapa dela, pois acontece tudo de modo muito repentino, então fique super atento em relação a isso”, concluiu o observador meteorológico Rafael Belan.