Sondagem do MEP de Volta Redonda aponta que 69 % dos estudantes estão inseguros para o Enem  

0

VOLTA REDONDA

O Movimento Pela Ética na Política (MEP) de Volta Redonda, a exemplo do que faz todos os anos, com a proximidade do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) procura meios de aproximação e escuta dos seus estudantes. O cenário de insegurança e incertezas do Brasil provocou a equipe de TI do Movimento em realizar pesquisa juntos aos alunos, turma -2020 sobre a participação no Enem. A sondagem foi realizada entre os dias 6 e 8 de janeiro via plataforma google. Dos cerca de 40 inscritos no Enem, 64 % responderam o questionário.

O resultado confirmou o cenário de insegurança e incertezas dos estudantes. Do total dos estudantes ouvidos, 69,3 % afirmaram estarem inseguros e muito inseguros para prestarem o exame. Os estudantes creditam ao governo a falta de informações seguras com 65,4 %. Em outra resposta, 76,9% aponta a pandemia e os desdobramentos como responsáveis pelo impacto na realização do Enem. Por fim, 48,5 % disseram que só retornam aos estudos no MEP, caso não sejam vitoriosos no Enem somente na modalidade presencial, com vacina(seguro). Detalhe, as mulheres tiveram 90% de participação nas respostas.

REVELAÇÃO DA INSEGURANÇA  DOS ESTUDANTES

Para Davi Souza, jovem conselheiro do Movimento e responsável pela organização da pesquisa, a sondagem revelou elementos importantes para compreender como os alunos estão nesse período pré Enem. Disse ainda que é preocupante a revelação da insegurança  dos estudantes. “ Isto só reflete a realidade geral  do país, fato que vai impactar  nos resultados quando da realização do exame. A pandemia evidenciou as desigualdades, pois muitos  não tiveram oportunidade e devida  preparação em pé de igualdade com todos”, destacou o estudante.

A ação de tutela de urgência da Defensoria Pública da União (DPU), junto à Justiça Federal pedindo o adiamento do Enem por  ‘falta de condições seguras para realização do  exame’, sintoniza com o resultado da sondagem do MEP. A pesquisa ficará disponível na página do MEP.

error: Conteúdo protegido !