Smac forma 500 pessoas das oficinas de Inclusão Produtiva e do projeto Novos Horizontes em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
A Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), por meio do Departamento de Proteção Básica, vai entregar certificados a 500 pessoas que participaram das oficinas de Inclusão Produtiva e do Projeto Novos Horizontes. A cerimônia de formatura será na sexta-feira, dia 10, às 14 horas no Cine 9 de Abril, respeitando todas as medidas de proteção contra a covid-19.
Artes em customização e pedrarias, artesanato com feltros, materiais reciclados, vidros, MDF, cabelereiro, barbeiro, corte e costura, culinária, estética, garçom e manicure. Estas foram às oficinas desenvolvidas em 25 unidades dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) de Volta Redonda.
O principal objetivo da Inclusão Produtiva é fortalecer a autonomia econômica dos usuários, ampliando suas oportunidades de acesso ao trabalho remunerado e a perspectiva de sustentabilidade própria.
COMEMORANDO A OPORTUNIDADE
Luiz Augusto da Silva, usuário do Cras Vale Verde, está se formando no curso de barbearia e comemora a oportunidade de adquirir uma nova profissão no auge dos seus 40 anos de vida. “Agradeço a Prefeitura Municipal de Volta Redonda e a Secretaria Municipal de Ação Comunitária por levarem as oficinas de Inclusão Produtiva para o bairro Vale Verde. Estou me formando na oficina de barbearia e aprendi técnicas orientadas pelo meu instrutor e me sinto pronto para ingressar no mercado de trabalho”, destacou.
O Secretário Municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, comemora mais uma formatura e se diz orgulhoso em poder contribuir com tantos cidadãos volta-redondenses, que buscam diariamente novas oportunidades de qualificação para ingresso e reingresso ao mercado de trabalho. “Sabemos que neste período de pandemia muitas pessoas perderam suas fontes de renda. Fortalecer a autonomia e ampliar as oportunidades de acesso ao trabalho remunerado de 332 cidadãos, através destes projetos da Smac, é pra mim motivo de muita alegria”, concluiu o secretário.