Sassaricando – Oscar Nora – 30 de outubro de 2019

0

Quando o Ceará (DVE/15º/30P) e o Fluminense (DDE/16º/30P) se enfrentarem hoje à noite, os estatísticos ficarão ansiosos esperando o resultado final. As duas equipes estão rigorosamente iguais em vitórias (8), empates (6) e derrotas (14). A única diferença está nos gols feitos e sofridos. Fluminense (29 – 9: – 10SD) e Fortaleza (28 – 30: – 2SD)
+
Dependendo do que acontecer na Arena Castelão, um deles poderá dormir amanhã na zona de rebaixamento, depois do resultado da partida entre Botafogo (DVD/13º/33P) x Cruzeiro (VVE/17°/29P), quinta-feira na Arena Nilton Santos.
+
Também esta noite, Vasco da Gama (VVE/11º/38P) e Grêmio (DDV/7º/44P) se enfrentam, ambos pensando no cofre. Explico: O Vasco pelo possivel acordo com o Paris Saint Germain. O Grêmio nos mais de 3 milhões de reais que tem a receber do Fluminense. Dívida de 2013 transitada em julgado na justiça.
+
Palmeiras (VEV/2º/57P) x São Paulo (DVV/4º/49P), hoje, e Goiás (EED/10º/38P) x Flamengo (VVV/1º/67P), amanhã, protagonizam aquela corrida típica dos pesadelos quando você corre, corre, mas não sai do lugar. Pelos menos é assim que vem acontecendo nas últimas rodadas.
+
Foto: Divulgação
O Palmeiras poderá contar com Felipe Mello e Willian cujos julgamentos, ontem, o STJD adiou. Reforços importantes. O Flamengo, com a cabeça em 2020, começou negociação para contratar Zlatan Ibrahimovic. Vinculado até dezembro ao Galaxy, o sueco também tem pretendentes no Napoli e no Bologna.
+
O Fortaleza, de volta à elite do futebol brasileiro 13 anos depois, está detonando os aproveitadores. Lançou sua camisa oficial por apenas R$ 59,90. Além do preço popular, o que é feito por um clube pela primeira vez no Brasil, ainda dará desconto de 10 reais ao torcedor que entregar sua camisa pirata.
+
Por falar em pirataria, Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o “Rei Arthur”, confirmou, em acordo de colaboração premiada com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que houve compra de votos para a eleição do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.
+
Só a conta do senegalês Papa Diack, filho de Lamine Diack, então presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo, foi agraciada com um mimo de 2 milhões de dólares. Dono do Grupo Facility, o rei Arthur também obsequiou Cabral, o Sérgio, não o descobridor, com a bagatela de 40 milhões de reais.
Foto: Washington Alves/ COB
Amanhã, no Museu Olímpico, em Lausanne, na Suíça, os velocistas brasileiros Bruno Lins, José Carlos Moreira (Codó), Sandro Viana e Vicente Lenílson receberão a medalha de bronze que conquistaram nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, na modalidade do revezamento 4x100m, após a equipe da Jamaica ser desclassificado da competição. Com a medalha, o Brasil passa a ter 17 pódios nos Jogos Olímpicos de Pequim.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !