Sassaricando – Oscar Nora – 14 de setembro de 2019

0

Foto: Divulgação

+
Flamengo x Santos é um clássico perfeito para encerrar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Líder e vice líder, um na cola do outro, no retrovisor deles aparece o Palmeiras juntinho também. Dependendo dos resultados, pode haver uma grande mudança nas posições dos atuais três primeiros colocados.
+
Nos 124 confrontos entre os dois times praianos há muita história para contar. O Santos gosta de lembrar que na estatística dos jogos venceu o Flamengo 46 vezes, empatou 35, perdeu 43. Marcou 184 gols e sofreu 167 tendo, portanto, um saldo de 17 gols e três vitórias a mais. Mas tem pavor do dia 27 de julho de 2011.
+
Naquele dia, com emocionado encontro do jovem Neymar e do experiente Ronaldinho Gaúcho, ocorreu na Vila Belmiro o duelo considerado o jogo do século. O Flamengo derrotou o Santos por 5 a 4, depois de estar perdendo por 3 a 0. Show de Ronaldinho e o gol de Neymar, eleito o gol mais bonito do ano no mundo.
+
Dois anos depois, em Brasilia, a partida terminou empatada. A emoção envolveu particularmente dois atletas. Hoje artilheiro no Flamengo, Gabriel Gabigol fazia sua estreia como titular do Santos. Neymar se despedia dos santistas, assinando seu primeiro contrato internacional e indo jogar na Europa.


+
Vasco da Gama (15º/20p/VDD) e Chapecoense, (19º/14p/EDD), no início da noite de hoje, na Arena Condá, em Santa Catarina, farão o jogo dos desesperados. Com o retorno de Ribamar, é bem possível que o atacante substitua o volta-redondense Marrony no ataque.
+
Em Brasilia, no Mané Garrincha, amanhã o Fluminense (17º/15p/DDV) enfrenta o Corinthians (4º/32p/EVE). Oswaldo Oliveira quebrou a série dos últimos resultados ruins com a vitória sobre o Ceará. Mas em Laranjeiras o ambiente está pesado. Agora apareceu uma dívida de 26 milhões de reais, por desastradas demissões pelo WhatsApp.
+
Feliz com as voltas do excelente goleiro Gatito Fernández e do atacante Rodrigo Pimpão, mas preocupado com as baixas de Joel Carli e Gilson na defesa, o Botafogo (10º/26p/EDV) enfrenta esta noite o Ceará (12º/21p/DDE) em Fortaleza. Se vencer, ultrapassará o número de vitórias que obteve em 2018 como visitante.

Foto: Washington Alves/COB

+
Seis atletas brasileiros – Kamila Barbosa/50kg, Giullia Penalber/57kg, Lais Nunes/62kg, Aline Silva/76kg e, Sargis Khachatryan/55kg e Marat Garipov/60kg, no estilo greco-romano – disputam a partir de hoje, no Cazaquistão, o Mundial de Wrestling 2019, primeira seletiva para os Jogos Olímpicos Tóquio/2020. Para garantir vaga os atletas precisam chegar até a disputa de medalhas, já que no wrestling, ao final das disputas existem dois terceiros lugares e dois quintos lugares.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !