Resende segue na recuperação de estradas rurais após as chuvas

0

RESENDE

As chuvas que caem de forma intermitente em Resende e na região deixaram autoridades em alerta no final de semana. O volume de água excedeu em muito o previsto e as consequências foram pontos de deslizamento em vias importantes de Resende, os quais foram rapidamente resolvidos na madrugada de sábado, dia 29, graças ao trabalho em equipe da Prefeitura de Resende.  O trabalho, no entanto, está tendo sequência neste início de semana.

De acordo com a Defesa Civil de Resende, a situação alarmante foi constatada pelo monitoramento na noite de sábado. Em seguida, uma equipe de plantão de chuva foi convocada, contando com uma parceria entre a Guarda Civil Municipal, a secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos, a secretaria municipal de Desenvolvimento Rural e a própria Defesa Civil. O prefeito Diogo Balieiro Diniz também esteve junto das equipes na desobstrução das vias. 

A Defesa Civil atuou na recuperação das áreas afetadas desobstruindo as vias

Na RJ-163, que liga Resende a Mauá, 17 pontos de deslizamento foram identificados, com um ponto crítico, que teve que ser interditado para o reparo. Já na RJ-161, que liga Bagagem a Rio Preto, um ponto de deslizamento também foi constatado e corrigido. Vale lembrar que as duas estradas são de responsabilidade do estado do Rio de Janeiro, mas a gestão municipal em Resende tomou a iniciativa de agir rapidamente nos locais para beneficiar a população. 

Para efetuar os reparos, uma equipe composta por cerca de 15 pessoas contou também com o reforço do maquinário pesado da frota da Prefeitura de Resende. Graças a esses esforços, os pontos de deslizamentos foram resolvidos durante a madrugada e as estradas amanheceram sem interdição ou problemas graves para os condutores. “É importante destacar a sinergia de trabalho em equipe, que proporciona sempre uma solução eficiente e o mais ágil possível para os problemas. Buscamos sempre reduzir o impacto dos danos, como aconteceu neste final de semana. O comprometimento é essencial também na prevenção de problemas maiores e para uma resposta rápida das autoridades”, destacou o diretor Geral da Defesa Civil na Prefeitura Municipal de Resende, Flávio Germano da Silva.  

Nesta segunda-feira, dia 2, os trabalhos continuaram na Boca do Leão, Morrão e Fumaça, com reparos pontuais em locais que foram desgastados pelas chuvas.

error: Conteúdo protegido !